Conheça as regras para solicitar o visto para a Índia, um país multicultural e marcante


  Índia  3254 visualizações

Conhecer a Índia é uma das grandes experiências que um viajante pode ter. Além da cultura, religião e arquitetura diversificadas - e totalmente diferentes da latino-americana - o segundo país mais populoso do mundo pode ser considerado uma região com trânsito caótico, mas se sobressai com suas belezas como o Taj Mahal, Portal da Índia, Qutb Minar, entre outros pontos turísticos.

A Índia é conhecido também pela culinária e isso pode agradar principalmente aos vegetarianos. Como a culinária do país é muito apimentada e a maioria da população não come carne grande parte dos restaurantes está preparado para receber este público-alvo. Os pratos principais são feitos sempre a base de verduras e legumes.

Mas antes de comprar a passagem, é necessárioficar atento às regras. Dependendo do tempo que ficará na Índia, o turista pode encontrar dificuldades principalmente quanto à solicitação do visto. Vamos iniciar este tuturial justamente nesta parte mais difícil.

Henrique Rodrigues adicionou foto de Índia Foto 1

Turismo por 30 dias

Aos que desejam fazer turismo por até 30 dias, é necessário solicitar o visto para o país, que pode ser feito pela internet por 60 dólares. Para conseguir o visto eletrônico, basta acessar o site http://indianembassy.org.br/servicos-consulares/vistos/ e solicitar com antecedência mínima de 4 dias em relação à data de desembarque na Índia. Exemplo: se você está solicitando o visto em 1º de novembro, você poderá escolher a data de chegar ao país entre 5 de setembro a 4 de outubro.

Durante o processo de solicitação online, o requerente deve fazer o upload de uma fotografia recente e frontal do rosto, com fundo branco, e das páginas do passaporte em que estejam a foto e os dados pessoas (nome, data de nascimento, nacionalidade, data de validade, etc). A solicitação é passível de rejeição se o passaporte inseridos não estiverem legíveis.-

Após esse processo, o solicitante deve pagar a taxa de 60 dólares norte-americanos por passageiro, além dos encargos dos cartões de débito e crédito. A taxa também deve ser paga com antecedência mínima de quatro dias em relação ao desembarque. Concluído o pagamento, a taxa não pode ser reembolsada.

Feito o pagamento, o solicitante deve imprimir e portar a Autorização Eletrônica de Viagem (ETA), enviada por e-mail. Esse papel deve ser entregue às autoridades competentes no aeroporto indiano de chegada. As informações biométricas do solicitantes serão coletadas pelo Serviço de Imigração em sua chegada à Índia.

Regras para mais de 1 mês na Índia

Para quem deseja ficar mais de um mês na Índia, os interessados que moram no Rio de Janeiro, São Paulo, Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul devem solicitar o visto no Consulado Geral da Índia em São Paulo. O consulado paulista não aceita visitas presenciais, exceto em casos de emergência com o pagamento de taxa de R$ 150,00, e o pedido de visto deve ser feito somente pelos correios, enviado documentos via sedex.

Os solicitantes dos demais estados precisam solicitar o visto na Embaixada da Índia em Brasília, pessoalmente ou pelos correios.

É fundamental ressaltar que os métodos de pagamento da taxa do visto variam em cada consulado. Em São Paulo, o pagamento da taxa do visto deve ser feito por depósito na conta deles no banco Santander  (AG: 4793 C/C: 13-000380-2). Via Embaixada, é preciso pagar a taxa com um cheque administrativo, emitido por qualquer banco (sujeito a cobranças extras), e preenchido pelo próprio banco, nominal a quem se paga, incluindo o CNPJ. Os responsáveis pelo atendimento no banco saberão todos os procedimentos.

A embaixada exige a emissão de três cheques administrativos se você enviar pelo correio. Um exclusivamente para a taxa do visto, um para a taxa do SEDEX e outro para a taxa do ICWF. “O cheque administrativo é emitido pelo banco mediante fornecimento do CNPJ da Embaixada da Índia (04.386.483/0001-65)”. O pagamento em dinheiro só pode ser feito por quem for pessoalmente à Embaixada, em Brasília.

Além das taxas consulares, o solicitante também tem que pagar a taxa chamada  ICWF – Indian Community Welfare Fund – no valor de R$10,00. Para acelerar o processo do pagamento, é indicado para o solicitante pagar por depósito o valor da soma das taxas SEDEX e ICWF todo junto.

O seu visto pode vir com Multiple (multiplas) ou Single (única) entradas. Se você tem alguma intenção de sair da Índia (para ir ao Nepal ou Malásia, por exemplo) e depois voltar, não se esqueça de solicitar MULTIPLE ENTRIES.

A previsão para que as solicitações de vistos fiquem prontas, segundo a Embaixada, em geral, são dois dias úteis após a solicitação. No caso de pedidos feitos pelo correio, podem levar até uma semana.  É importante ressaltar ainda existem diversas variáveis que podem fazer seu visto demorar mais tempo para chegar, então peça com o máximo de antecedência possível.

Os documentos necessários são: preencher o formulário no site: https://indianvisaonline.gov.in/visa/;  Imprimir e assinar o formulário; duas fotos 5cm x 5cm, a MESMA foto que foi incluída no formulário online. Obrigatório o upload online da foto; Passaporte válido por no mínimo seis meses; Certificado internacional de vacina contra febre amarela (mais detalhes abaixo); Cheque administrativo com o valor do visto ou depósito em conta (no caso do consulado de SP).

Certificado de vacinação contra a febre amarela

Para conseguir o certificado de vacinação contra a febre amarela, é necessário ir a um posto de vacinação municipal ou estadual, portando a carteira de identidade, isso grátis, sem hora marcada. No final da vacina, você receberá um certificado que comprova a vacinação. 

Feita a vacinação, guarde o certificado pois você vai precisar dele para a emissão, posteriormente, do Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia (CIVP), emitido gratuitamente junto à Anvisa.

Para tirar o documento, é necessário comparecer a um dos centros de atendimento espalhados pelas capitais brasileiras. Veja aqui:http://www.anvisa.gov.br/hotsite/viajante/centros.pdf. Leve o certificado de vacinação que recebeu no posto de saúde e seu RG. Feito isso, o CIVP fica pronto na hora.

- - - -

Se você curtiu esse texto, ficaria extremamente feliz se pudesse dar um nele aí embaixo ou compartilhar com seus amigos!

COMENTÁRIOS:

Sua viagem tão sonhada planejada por um Expert de viagem

O Instaviagem.com é uma agência online especializada em planejar roteiros 100% personalizados e feitos sob medida para cada viajante. Você preenche um questionário informando todas as suas preferências e orçamento e recebe uma consultoria de um verdadeiro viajante profissional!

Veja opções de roteiros personalizados para Índia,

PLANEJAR MINHA VIAGEM

SUA VIAGEM COMEÇA AQUI

Dubbi é um novo espaço para que pessoas incríveis que amam viajar possam interagir, se ajudar e compartilhar suas histórias e dicas de viagem.

Junte-se a nossa incrível comunidade de +35.000 de viajantes experts do Dubbi.