UM PLANETA CHAMADO PETAR


  Iporanga, Apiaí

Eram 6 da manhã quando o despertador tocou. Carol, minha namorada, babava encolhida ao meu lado, sem conseguir despertar do sono profundo. No dia anterior fizemos uma trilha de quase 10km seguindo o Rio Betari até a Cachoeira das Andorinhas e a Cachoeira do Beija-Flor, passando pela Caverna da Água Suja e Caverna do Cafezal. Foi um dia incrível, mas também foi incrivelmente exaustivo. Apesar de estar acostumado com exercícios físicos de alta performance, minha musculatura estava dolorida.

Stefano  Giorgi adicionou foto de Iporanga,Apiaí Foto 1

- Já está na hora?! – Carol me perguntou.

- Já. Acha que aguenta?!

- A gente já está aqui, né?! Ou seja, não é como se eu tivesse muita opção...

Eu ri do mal humor matinal. Sabia que ao final daquele dia ela estaria me agradecendo. Em compensação, também sabia que no começo daquele dia ela estaria me xingando. Cansados, com a musculatura dolorida e com sono, tínhamos que encarar mais de 1 hora de estrada de terra até a entrada do núcleo Cablocos, e uma trilha de quase 14km no meio da mata explorando as Cavernas Temimina I e Temimina II. Novamente não teríamos um dia fácil.

Depois de um café da manhã reforçado na Pousada Jaguatirica (15 998047247) em Iporanga, pegamos o carro e partimos até a cidade de Apiaí onde Cinthia (15 99702-2719), nossa guia,do @altodaserrapetar, nos esperava. A princípio iríamos só eu e minha namorada no passeio, mas o casal que fez a trilha do dia anterior era extremamente gente boa e quis encarar a aventura com a gente. Louco atrai louco, fazer o quê...

Stefano  Giorgi adicionou foto de Iporanga,Apiaí Foto 2

Até a portaria da entrada do Núcleo Cablocos, posso dizer que estávamos na Terra. Aliás, até passarmos pelo portão de ferro do começo da trilha posso dizer isso. Depois parece que cruzamos um portal para outra dimensão ou outro planeta. Um planeta selvagem, dominado pelo verde, onde pedras gigantes contavam histórias de um tempo antes do homem sonhar em existir.

Stefano  Giorgi adicionou foto de Iporanga,Apiaí Foto 3

Andamos por mais de duas horas até chegarmos na entrada da primeira caverna. A trilha até lá foi cheia de desníveis e obstáculos, mas também cheia de momentos de contemplação. Desde o tronco onde as onças afiam as garras até um mini-canion, as atrações foram muitas. Mesmo assim, a chegada na caverna deixou nosso grupo maravilhado. Tínhamos chegado ao cenário de O Mundo Perdido.

Stefano  Giorgi adicionou foto de Iporanga,Apiaí Foto 4

Pode parecer clichê o que vou escrever aqui, mas as fotos não fazem jus ao lugar. Ao vivo a Caverna Temimina I é muito mais incrível. Me fez voltar a ser criança. Aliás, não só eu.

- Ai, Stefano, esse lugar não é igual a um cenário do Street Fighter antigão? – falou o Well, meu parceiro de trilha. – Bora fazer uma foto estilo Balrog VS Ken!

Stefano  Giorgi adicionou foto de Iporanga,Apiaí Foto 5

Não sei quanto tempo passamos lá brincando, tirando fotos e contemplando. Só sei que aproveitamos bem. Como essa trilha é mais difícil e mais distante de Iporanga, não são muitos grupos que vão para lá. Então demos a sorte de ter a caverna só para a gente.

Muitas fotos, brincadeiras e reflexões depois, rumamos para a Caverna Temimina II. Eu achava que já tínhamos visto o ponto mais legal do passeio e não estava tão empolgado com essa parte. Talvez por isso mesmo tenha ficado tão impressionado.

Depois de descer por um barranco, entramos no breu da caverna. As únicas coisas que rompiam a escuridão eram as luzes das lanternas dos nossos capacetes. Parecíamos exploradores interplanetários enquanto caminhávamos pelo rio e pelas praias no interior da caverna. Enormes rochas geométricas pareciam naves espaciais e diferentes formações minerais construíam o cenário de filme de ficção cientifica perfeitamente.

Stefano  Giorgi adicionou foto de Iporanga,Apiaí Foto 6

- Isso é uma das coisas mais legais que já fiz na vida! – Carol falou, provando que eu estava certo pela manhã. – Obrigado por ter me trazido para cá.

Juntos nós já viajamos para o Parque do Itatiaia, Litoral Norte de SP, Capitólio e Chapada dos Veadeiros. Vimos e fizemos coisas incríveis, mas, sem dúvida nenhuma, essa trilha no PETAR entrou para o topo da lista. É realmente coisa de outro planeta.

- Valeu a pena? – perguntei.

- Muito!

QUER IR PARA LÁ TAMBÉM? ENTÃO SE LIGA NAS DICAS:

- Se você não curte atividade física, essa viagem não é para você. Lá é trilha o dia inteiro.

- Leve muitas opções de lanche na mala. Salamitos e amendoim é vida! O kit lanche que a maioria das pousadas vende custa cerca de 30 reais e não vale muito a pena. E nem pense em fazer trilha sem alguma coisa para comer pelo caminho.

- Só dá para fazer as trilhas de calça e de camiseta com manga (curta ou comprida). São normas do parque. Um conselho que dou é levar roupa de muda e deixar no carro para ter algo seco para usar depois dos passeios.

- O passeio mais legal, em disparada, é o da Caverna Temimina I e II. Mas fazer a Trilha do Betari e conhecer a Caverna de Santana são outros dois passeios indispensáveis. A Trilha do Betari também é puxada, mas a Caverna de Santana é bem tranquila.

Stefano  Giorgi adicionou foto de Iporanga,Apiaí Foto 7

- Leve pelo menos um calçado extra. É impossível não molhar os pés.

- Experimente o leite de onça na Dona Hilda.

 – As estradas por lá são uma bosta. Meu pneu furou e o Well bateu o carro na volta. Tome muito cuidado e vá com o estepe em boas condições.

- Melhor ponto para tomar banho de rio é nas Piscinas Naturais do Couto bem do lado da entrada do Núcleo Santana. A água é azul que nem da foto. Eu achava que era efeito quando via no Instagram dos outros, mas não é.

Stefano  Giorgi adicionou foto de Iporanga,Apiaí Foto 8

- O lugar mais legalzinho para sair à noite é o Mangarito. O resto é botecão e pastelaria pé no chão que não têm glamour, mas tem cerveja gelada e barata. Não perca tempo indo até o centro da cidade porque não tem praticamente nada por lá.

- A Pousada Jaguatirica foi um ótimo custo benefício. Outra boa opção é o camping do Benjamin que tem cabanas privativas. Para quem busca um pouco mais de conforto e está disposto a pagar um pouco mais, a Chalés Ouro Grosso e a Pousada das Cavernas são boas escolhas.

- Reserve os passeios com antecedência e prefira grupos menores. A Cinthia (15 99702-2719) foi uma guia excelente e tem opções de pacote em grupo e individuais.

- Esqueça internet. Ali o sinal é uma merda, mas isso é excelente para se desconectar da rotina e se conectar com o lugar.

- Se tiver problemas com o carro, vá em um bar. Tanto para beber alguma coisa para relaxar, quanto para encontrar algum mecânico. Fiz isso e funcionou perfeitamente.

- - - -

Se você curtiu esse texto, ficaria extremamente feliz se pudesse dar um nele aí embaixo ou compartilhar com seus amigos!

COMENTÁRIOS:

Sua viagem tão sonhada planejada por um Expert de viagem

O Instaviagem.com é uma agência online especializada em planejar roteiros 100% personalizados e feitos sob medida para cada viajante. Você preenche um questionário informando todas as suas preferências e orçamento e recebe uma consultoria de um verdadeiro viajante profissional!

Veja opções de roteiros personalizados para Iporanga, Apiaí,

PLANEJAR MINHA VIAGEM

Recomendamos para você:

Viajantes também leram:

SUA VIAGEM COMEÇA AQUI

Dubbi é um novo espaço para que pessoas incríveis que amam viajar possam interagir, se ajudar e compartilhar suas histórias e dicas de viagem.

Junte-se a nossa incrível comunidade de +35.000 de viajantes experts do Dubbi.