Como é grande a Pedra Grande!


  Atibaia, Extrema

Acordei no domingo com uma baita ressaca, daquelas que fazem um ser humano nem querer acordar. Do janelão do meu apartamento via o céu cinzento de SP.

"Puta que pariu", pensei,"eu quero morrer". Estava definhando deitado na minha cama, mergulhado na profunda questão de vomitar ou não vomitar. Tinha que fazer algo para não me afogar na esbórnia do feriado. Então fiz uma mochila, mandei mensagem para meu bom e velho amigo Thiago Silencioso e parti para a rodoviária. Lá gastei 18 reais em uma passagem de ônibus e em pouco mais de uma hora troquei o cinza pelo verde e azul quando cheguei em Atibaia. Foi como voltar a respirar depois de quase morrer afogado.

Thiago Silencioso me esperava na rodoviária. Nos conhecemos em Ibiza onde vivemos todo tipo de loucuras que você pode imaginar e que não vou contar aqui, mas, se tiver curiosidade, são narradas nos mínimos detalhes no livro GiraMundo. Ele ganhou seu apelido por não saber falar inglês e por ficar em silêncio na frente de gringos. Apresentá-lo como Thiago Silencioso (Silent James) me fazia economizar explicações, mesmo que comigo ele falasse quando eu preferia que se mantivesse calado.

Stefano  Giorgi adicionou foto de Atibaia,Extrema Foto 1

- Boy, - ele me disse depois que entrei no carro, - a gente vai agora para Extrema com minha família almoçar e depois estamos suave para fazer qualquer coisa.

"Extrema"?! Quando ouvi o nome da cidade fiquei extremamente entusiasmado! Para quem não sabe, Extrema é uma cidade na divisa entre SP e MG com trilhas, cachoeiras e boa produção de cachaça. Ah e também com boa comida mineira!

O almoço com a família Silencioso aconteceu em um restaurante à beira da estrada chamado Taberna. Só de lembrar fico com água na boca. Tutu de feijão, feijão tropeiro, feijoada, leitão a pururuca, linguiça, ovo frito, torresmo, costela, pastel, arroz carreteiro, arroz normal, couve, pudim de leite condensado, doce de leite, sagu, enfim, a porra toda que alguém pode comer e repetir até dizer chega. E não era caro: preço era 49 reais por pessoa para comer a vontade.

Quando terminei o terceiro prato, bateu aquela tristeza. Minha barriga deixou de ser tanquinho e virou de chope em menos de uma hora, mas tinha valido à pena. "Pelo menos ainda consigo ver meu pau", disse para mim mesmo, me consolando. Em uma situação normal eu tiraria uma soneca depois do almoço. Mas achei um desperdício do meu tempo fazer isso em Extrema. Então fui fazer uma caminhada pela trilha do Rio Jaguari. Mal sabia eu que teria me dado melhor se tivesse dormido. O local é bonito, mas o rio é impróprio para banho e a "trilha" não é realmente uma trilha e sim um passeio.

Stefano  Giorgi adicionou foto de Atibaia,Extrema Foto 2

Voltamos para Atibaia, mas recuamos só para pegar impulso. Trocamos o carro do Thiago Silencioso pela 4x4 do pai dele. Iríamos subir a trilha da Pedra Grande. Por mim, teríamos feito o caminho a pé, na cara e na coragem, mas Thiago é um dos meus amigos mais preguiçosos. Aliás, acho que tudo o que ele tem de gente boa também tem de preguiça. Então não teve jeito. Mas também não teve reclamação. O caminho até a Pedra Grande é irado e o Thiago dirige com emoção. Ou seja, não foi uma trilha na raça, mas não foi nada sem graça! (Atenção: não recomendo subir para a Pedra Grande com qualquer carro. Vimos todo tipo de automóvel subindo, mas tinha gente penando pelo caminho).

É engraçado, Atibaia é praticamente do lado de São Paulo e eu nunca tinha ido para a Pedra Grande. Thiago, por preguiça, também não. Mas nós dois já viajamos bastante pelo mundo. E mesmo assim nunca fomos para aquele lugar incrível. Você pode ver todo tipo de fotos na internet, mas nenhuma faz jus a verdadeira beleza do local. Um enorme rochedo com carros parados e pessoas deitadas iluminadas pelo sol na frente de um precipício de onde se vê toda a cidade de Atibaia e algumas outras.

Stefano  Giorgi adicionou foto de Atibaia,Extrema Foto 3

- Bora subir naquelas pedras - disse para Thiago Silencioso.

- Ah, boy, tá bom aqui... - ele resmungou de volta para mim.

- Deixa de ser preguiçoso, já estamos aqui em cima - e, dizendo isso, andei para a entrada de uma mini trilha no meio do mato que dava acesso às pedras que eu apontava.

Em menos de dez minutos e em mais de vinte reclamações do Thiago, estavámos sentados em uma enorme pedra em cima da Pedra Grande. De lá vimos um espetáculo enquanto o dia virava noite.

- Há três anos atrás nós assistíamos o pôr-do-sol em Es Vedra, em Ibiza. Você lembra o que desejou naquele dia? - perguntei para Thiago. Ele respondeu que não, mas eu lembrava muito bem. Thiago queria uma namorada para viajar e dividir diversos momentos da vida com ele. - Bom, seu pedido se realizou. O meu ainda não. Vamos ver se pedindo daqui de cima ele se realiza dessa vez.

Fiquei pleno enquanto observava o sol se pôr, inebreado com as cores do céu e com o ar puro entrando cada vez mais frio nos meus pulmões. Minha cabeça ficou limpa, longe da ressaca perturbadora que se encontrava na mesma manhã e eu pude fazer algo que não fazia há um tempo vivendo na rotina da Selva de Pedras. Pude me concentrar na minha vida. Especialmente nas coisas boas que acontecem nela e me sentir grato. E, iluminado admirando o poente, pensei nas coisas que quero para o futuro. Lá do alto, longe e perto de onde eu moro, deu para perceber que não preciso de muito para ser feliz. E aquilo que preciso pedi para o universo antes do sol ir embora, na esperança de que ele realize meu pedido um dia quando voltar.

Stefano  Giorgi adicionou foto de Atibaia,Extrema Foto 4

Dormi no domingo com uma imensa satisfação pelo meu dia, daquelas que fazem qualquer ser humano dormir tranquilo. Nos meus pensamentos via o colorido do pôr-do-sol da Pedra Grande.

"Puta que pariu", pensei, "como é bom viver!".

- - - -

Se você curtiu esse texto, ficaria extremamente feliz se pudesse dar um nele aí embaixo ou compartilhar com seus amigos!

COMENTÁRIOS:

Sua viagem tão sonhada planejada por um Expert de viagem

O Instaviagem.com é uma agência online especializada em planejar roteiros 100% personalizados e feitos sob medida para cada viajante. Você preenche um questionário informando todas as suas preferências e orçamento e recebe uma consultoria de um verdadeiro viajante profissional!

Veja opções de roteiros personalizados para Atibaia, Extrema,

PLANEJAR MINHA VIAGEM

Recomendamos para você:

Viajantes também leram:

SUA VIAGEM COMEÇA AQUI

Dubbi é um novo espaço para que pessoas incríveis que amam viajar possam interagir, se ajudar e compartilhar suas histórias e dicas de viagem.

Junte-se a nossa incrível comunidade de +35.000 de viajantes experts do Dubbi.