SILVIA  ANDRADE

 Arte Música e Cultura   Europa, América, Ásia, Austrália

Qual a recordação mais estranha que você já trouxe de uma viagem?

Há mais de 20 anos, comprei um burro de cerâmica de Tracunhaém (PE). Grande e pesado (devia ter uns 60 cm), mas como estava de carro, passei o cinto de segurança nele e trouxe. Uma grande amiga adorou e na outra viagem, apesar do apelo insistente do marido, comprei um outro dar de presente. Era menor (uns 50 cm), mas nunca caberia numa mala sem risco de quebrar e não tive dúvida, abracei o bichinho e entrei no avião... o voo era uma conexão da Varig que vinha de Londres trazendo algumas equipes de F1 para o GP do Brasil (todos estavam uniformizados, mas só identifiquei os da antiga Benetton). Os olhos arregalados com a minha entrada no avião, foi seguido da pergunta do comissário – “Sra... Estão perguntando se quer vender aquele artesanato?” – Como? – Eles estão curiosos... nunca viram nada parecido” . Achei graça e recusei. Podia ter ganho umas libras com o enfeite, mas era presente e eu fiquei com a história para contar.

Se tiverem, não esqueçam de colocar as fotos.

Meu perfil de viagem: Aventureiro, Mochileiro

Responda a dúvida de SILVIA

Escreva a sua resposta...
RESPONDER

7 Respostas

Relatos de Viagem  - Laís

MELHOR RESPOSTA

Relatos de Viagem  - Laís Florianópolis

respondeu 7 meses atrás

Hehehehehe adorei a história!! Acho que a coisa mais diferente que eu trouxe foi um didgerido (aquele instrumento musical) da Austrália..

Dennis Carlotti

Dennis Carlotti São Paulo

respondeu 1 ano atrás

Trouxe uma carranga que ganhei de presente na verdade, na Austrália de um amigo, mas depois reparei e vi que ela era bem feia, e sem utilidade nenhuma, além de ocupar um belo espaço na mala... hahahahah não tenho foto, porque se tirasse, queimava, de tão feia hahahaha

Mayra Araújo

Mayra Araújo Araguaína

respondeu 7 meses atrás

Trouxe chapulines (gafanhotos) do mexico e distribui entre os amigos fazendo questão deles provarem!

Rosana Oliveira

Rosana Oliveira Cerquilho

respondeu 7 meses atrás

Menina adorei a sua história... eu nunca trouxe nada inusitado, sou do tipo lembrancinhas mesmo... mas o que eu amei na sua história é ter viajado com a galera da F 1, eu amo o esporte, acho que teria usado o burrinho pra tirar foto com todo mundo...ele ia ser uma boa desculpa pra conhecer as equipes.... ahahahah

Dani Endler Sobieszczanski

Dani Endler Sobieszczanski São Leopoldo

respondeu 7 meses atrás

Na primeira vez que fui pro RJ sozinha, eu tinha 12 anos (minha tia mora lá). Fui na feirinha de Copacabana sozinha e comprei um pequeno cachimbo para trazer de lembrancinha para alguém. Achei bonitinho, era um mini cachimbo com uma pedrinha bonita.

Eis que, depois de comprar, descubro que era um artefato usado para fumar maconha hauahuahauh

Pobre criança inocente...

Ricardo Carvalho

Ricardo Carvalho São Paulo

respondeu 7 meses atrás

Juro, eu estou rindo de imaginar a cena do avião ! Capaz que vc poderia vender e ainda com o dinheiro viajar de novo e omprar mais umas 4 kkkkk

mas realmente, a historia vale mais !

Acho que nunca trouxe ou comprei algo diferente - puts q quadradao eu sou. rs -

Bem, quando pequeno eu trazia conchinhas da praia para casa - mas acho q toda criança fazia isso... puts, na minha proxima viagem vou entar trazer algo inusitado com historia kkkk

Responda a dúvida de SILVIA

Escreva a sua resposta...
RESPONDER

Recomendamos para você:

Perguntas que os viajantes também leram...

Junte-se a nossa incrível comunidade de +35.000 de viajantes experts do Dubbi.