Curiosidade e Inspiração   Curitiba

Linguagem de um blog, como pode ser?

Bom dia Pessoal!


Eu tenho um blog chamado Férias pra Ontem e tento escrever nele de uma forma como se eu estivesse falando (com a escrita certa é claro hehe), com a minha personalidade e com a minha personalidade vem as gírias locais.

Eu nasci em Curitiba e vivo em Curitiba, bem Cuitiboca (tipo carioca da gema). Curitiba tem algumas gírias meio desconhecidas em outros locais.
No ultimo post que eu fiz, meu marido me disse que talvez eu devesse não colocar, mas eu leio o Blog Apure Guria que é cheio dessas gírias e acho muito legal.

Exemplo de algumas gírias daqui:
Piá = menino, cara...
Guria = menina
Vina = salchicha exclusivamente do hot dog
Penal = onde se guardam os lápis, caneta, borracha, apontador, o famoso estojo que para mim estojo é só o de maquiagem.
Bolacha = biscoito recheado. Biscoito para mim é aqueles de polvilho que faz a maior sujeira...
Falar DAÍ para começar uma frase e não para emenda-la = "blablabla. Daí nós fomos para a feirinha do Largo da Ordem..."
Gazear = gazear aula - faltar aula infringindo as regras, tipo ficar no pátio e não entrar na sala.
Galeto = "Vá no galeto" - "Vá correndo"
Moído = "To moído" - "To cansado"
Japona = não, não é uma mulher japonesa muito grande, é uma jaqueta daquelas tipo o boneco no Michellan, bem grossa.

Outras gírias no site:
https://www.buzzfeed.com/florapaul/expressoes-curitibanas?utm_term=.fiapWnbpm#.hgg6dpX62

Meu blog para vocês darem uma olhadinha:
www.feriaspraontem.com


O que vocês acham pessoal?
Me ajudem a decidir! :)

Muito Obrigada.

Meu perfil de viagem: Família, Gastronômico, Historiador, Natureza, Fotógrafo, Romântico

Responda a dúvida de Karen

Escreva a sua resposta...
RESPONDER

2 Respostas

Rosana Oliveira

MELHOR RESPOSTA

Rosana Oliveira Cerquilho

respondeu 2 anos atrás

Olá Karen.... blog é tipo um diário, que voce escreve e descreve com suas palavras,,,sou de sampa  - São Paulo -  não tenho problemas com gírias de outros estados, mas dependendo da gíria a gente fica meio que confuso do que significa, acho legal colocar, mas com uma dose certa, não mto cheio de gírias e não mto formal tb...afinal blogs são uma mídia mais informal....tente equilibras as 2 formas....

ah bolacha e biscoito....São Paulo pensa assim tb...hahahahahaha

Elisa Moreira - Leve na bagagem

Elisa Moreira - Leve na bagagem Florianópolis

respondeu 2 anos atrás

Oi, Karen!

Acredito que vai depender do teu público-alvo. Se a tua intenção é conversar com as pessoas da região, falar de um jeito coloquial funciona muito bem. Aqui em Floripa tem o Guia Manezinho (no facebook), ele fala diretamente com os moradores da ilha e região utilizando muitas gírias. Porém, se a tua intenção é atingir um público mais abrangente a tua linguagem também deve ser abrangente.

Eu sugeriria dois caminhos: 1) Falar com gírias e inserir um glossário ao final, indicando a gíria com um número ou asterísco, ou 2) Falar com a linguagem mais abrangente e eventualmente dizer ’’como se diz aqui no Paraná............’’

Eu utilizo a segunda opção. :) Você pode conferir lá no blog http://levenabagagem.wordpress.com

Até!

Elisa

Sua viagem tão sonhada planejada por um Expert de viagem

O Instaviagem.com é uma agência online especializada em planejar roteiros 100% personalizados e feitos sob medida para cada viajante. Você preenche um questionário informando todas as suas preferências e orçamento e recebe uma consultoria de um verdadeiro viajante profissional!

Veja opções de roteiros personalizados para Curitiba,

PLANEJAR MINHA VIAGEM

Recomendamos para você:

Perguntas que os viajantes também leram...

Junte-se a nossa incrível comunidade de +35.000 de viajantes experts do Dubbi.