Paty Gold

6 dias para visitar Cartagena e San Andres

Visitei Cartagena e Bogota em Outubro de 2015, e gostaria de voltar. Fiquei 6 dias em Cartagena e foi mais do qe suficiente. Queria conhecer San Andres desta vez e ficaria menos dias em Cartagena. Alguma dica de onde ficar em San Andres?

Meu perfil de viagem: Aventureiro, Mochileiro

Responda a dúvida de Paty

Escreva a sua resposta...
RESPONDER

4 Respostas

Karen Peressuti

MELHOR RESPOSTA

Karen Peressuti Curitiba

respondeu 2 anos atrás

Oi Patricia.

Eu vou para Cartagena e San Andrés em março.

Em San Andrés aluguei um AP pelo Airbnb:

https://www.airbnb.com.br/rooms/11513835

Vou ficar 8 dias, pelo que li 5 é suficiente.

Boa viagem

feriaspraontem.com

Renata Luiza S. Brito

Renata Luiza S. Brito Porto Velho

respondeu 2 anos atrás

Olá Patrícia,

Estive em San Andres em Março deste ano, com meu esposo e adoramos a viagem.

Segue minhas dicas:

Cia Aérea:
Eu e meu esposo viajamos de Copa Airlines, excelente cia aérea, com bom serviço de bordo e custo benefício.
Nosso roteiro se iniciou em Guarulhos dia 01/03/2017, com conexão no Panamá e finalizando em San Andres. Ambos os trajetos com aviões confortáveis. (Agradeci a Deus quando via aeronave que nos levaria à San Andres, por não ser turboélice, nunca viajei em um desses mas tenho receio...rsrs).

Observação: Caso alguém queira aproveitar a viagem para fazer uma paradinha no Panamá, é necessário ter a carteirinha de vacinação internacional da ANVISA de Febre Amarela, que se tornou obrigatória a apresentação para a entrada no país a partir de 08/02/2017.

Em São Paulo, essa carteirinha e a vacina podem ser adquiridos no hospital Emilio Ribas, onde o passageiro pode procurar o médico do viajante, que aplica a vacina e já emite a carteirinha.

Nos aeroportos, é possível levar a carteirinha de vacinação para quem já tomou e obter a internacional, necessária para a entrada no Panamá.)

Visto para San Andres:
Para a entrada na Ilha, é obrigatório o “visto”. Este pode ser adquirido no portão de embarque para San Andres, independente da conexão feita e tem o custo de US$ 40,00 (Quarenta dólares por pessoa) e deve ser pago em espécie.

Moeda:
Importante levarem tanto Dólar quanto Peso Colombiano, pois as negociações podem acontecer em ambas as moedas, e dependendo do caso vale a pena ou uma ou outra. A dica, é sempre perguntar o valor em ambas, para analisar o que será mais vantajoso.

Seguro Saúde:
Compramos a Assist Card com cobertura média. Nunca viajamos sem o seguro saúde, pois quando você menos espera, precisará dele. Pagamos US$ 21,00 por pessoa com cobertura de US$30 mil dólares.

Hotel:
Ficamos hospedados na Rede DECAMERON, precisamente no Decameron San Luis em frente à praia de San Luis, fica um pouco afastado do centro, mas vale a pena pela vista do mar em frente. O Hotel é All Inclusive o que facilita bastante a vida, não é o melhor hotel da rede, mas é limpo e confortável. Café da manhã farto e variado. Já o almoço e o Jantar não tem muitas opções, mas também são saborosos.

No DECAMERON SAN LUIS, além do restaurante Buffet, onde o hospede pode desfrutar do café da manhã, almoço e jantar, ele possui outros dois restaurantes que podem ser reservados, o japonês - que não vale a pena e de Japonês não tem nada, e o Italiano Pastafari - muito bom e com cardápio variado.
O hóspede, pode também efetuar reserva em outros restaurantes dos hotéis da rede, são um total de 6 hotéis. Para isto, basta ir a recepção e escolher o restaurante que gostaria de ir.

A rede DECAMERON, possui também um clube de praia particular onde os hospedes de toda a rede podem usufruir, basta reservar no mesmo local das reservas dos restaurantes. Neste club pode-se passar o dia e o almoço está incluso. A praia é de uma beleza sem fim e de uma tranquilidade peculiar.
Super recomendo.

Curiosidade: Por causa dos fortes ventos que permeiam a ilha, não há guarda-sol... Mesmo com o sol escaldante, eles não existem nas praias ou até mesmo no hotel. Tá bom, no hotel haviam 3 deles, que eram muito disputados, pois o sol do Caribe, realmente é tostante...

Itens Importantes para ter sempre consigo:
- Muito protetor solar
- Sapatos Aquáticos - A Ilha é cercada de corais e estes sapatinhos, são muito úteis em todos os passeios.
- Snorkel - Vale a pena leva-lo consigo para qualquer praia. Em todas elas, é possível admirar as espécies marinhas.

Passeios:

City Tour:

Dentro do próprio hotel, há uma cia de viagem onde compramos nossos passeios. Recomendo fazer logo no primeiro dia o City Tour pela ilha, assim você terá a oportunidade de conhecer os lugares e poder retornar posteriormente. O ônibus, modelo exótico típico da ilha, pega os turistas no próprio hotel. O City Tour se inicia com o guia contando a história da ilha, seus idiomas, colonização, o que é fascinante. O Passeio contorna toda a ilha e se inicia pela primeira igreja construída, Igreja Batista, fundada pelos Ingleses. Depois da Igreja, passamos pela Casa do homem mais rico da Ilha que possui uma casa de mármore por dentro e por fora, puuuura ostentação. Ah, e esta propriedade pertence a um mexicano que chegou a ilha de barco e com US$15,00, comprou um pedaço de terra por US$ 5,00 e encontrou ouro enterrado em sua propriedade (Detalhes no City Tour). Depois, fomos para a Cova do Morgan o Pirata mais conhecido da ilha, que na verdade não era pirata mas sim, um Corsário pois tinha autorização para “roubar”... A Ilha é incrível e cheia de histórias, que valem a pena serem escutadas. O City Tour passa também pelo Blow Hole (Ojo Soplador) - Um buraco na pedra que solta um jato de água e molha todos em volta. Diversão para crianças e adultos. Só vale a pena na maré alta, na baixa não solta água. Tem lojistas de artesanato em volta. Para quem for por conta própria, a entrada não é cobrada, mas flanelinhas te abordam pedindo 5 mil pesos.

Dica: estacionar próximo ao posto policial e ir andando… Outra parada do CityTour é no West View, espaço aberto, localização privilegiada pela Natureza, custa 4 mil pesos para entrar. Proporciona uma experiência interessante. A vista é linda, lá você pode usar o Toboágua que desagua em alto mar, é possível nadar com peixinhos de diversas espécies. Há também um trampolim que cai em alto mar. Em nenhum lugar de West View, dá pé, apesar da impressão ser outra, pelas águas serem cristalinas. No geral, a estrutura é bem simples.

Ilha de Johnny Cay e Aquario:
Este passeio, tem a duração de um dia todo e um custo de US$35,00 por pessoa, está incluso: Transfer, Barco e almoço na Ilha. Ambas as ilhas de de uma beleza infindável e indescritível, somente vendo para se ter a real noção. Como mencionei acima, não há guarda-sol disponível, porém eles podem ser alugados na ilha, juntamente com duas espreguiçadeiras e custam a bagatela de US$10,00 o conjunto. Para este passeio, é necessário levar ou comprar lá os sapatinhos aquáticos, pois há muitos corais o que dificulta a entrada. Eles serão usados em quase todas as praias. Então, compre logo na chegada e no centro da cidade, assim pagará mais barato. Nós não compramos e pagamos muito caro na própria ilha.

Carrinho de golf:
A ilha não é tão grande, então é possível alugar um carrinho de golfe (que se vê aos montes) para transitar por lá com tranquilidade. Como os trajetos não são simétricos, sugiro comprar um chip na ilha com internet para usar o waze ou habilitar a sua. Em média, o chip colombiano com internet para 7 dias, custa em média US$ 10,00. Já o aluguel do carrinho de golfe, pode variar bastante, e como tudo na Colômbia, quem chora mais, ganha mais desconto. Então, você pode encontrar diária de 12h desde US$ 45,00 à US$ 70,00. Vale a pena chorar e pesquisar bastante...

Outros Passeios:
- AquaNautas: É um capacete que permite você andar no fundo do mar.
- Lancha: Privativa para conhecer à ilha
- Barco Pirata: Passeio noturno de barco com Bebidas e comidinhas inclusas.
- Noite do Branco: Passeio noturno de barco, onde todos os passageiros vão vestidos de branco.
- Barco Nautillus: Barco com fundo transparente que permite ver o fundo do mar e toda a vida marinha existente. Este em específico, submerge parcialmente. Existem opções de passeio de submarino pela ilha também.

Compras:
A ilha é livre de impostos, então vale a pena comprar. Não fomos ao centro para as compras, pois este não era o nosso propósito da viagem, mas confesso que vi muitos hospedes chegarem carregados de sacolas no hotel.
Compramos muitos perfumes no próprio aeroporto, na perfumaria LLA RIVIERA, que para pagamento em dinheiro, mais precisamente dólar, eles ainda dão de 10% a 15%. Já tínhamos pesquisado no free shop do Brasil e do Panamá, e lá estava muiiiiito mais barato. Ex: Um perfume da MontBlac que no freeshop custa US$ 80,00 - US$100,00, lá pagamos em torno de US$40,00. Bebida e maquiagem, também vale muito a pena.

Restaurantes fora da Rede Decameron:

- La Regatta:
Restaurante de Cozinha Caribenha, considerado um dos melhores da Ilha. Necessário fazer reserva, porém, não fizemos nenhuma das vezes em que lá estivemos, somente esperamos um pouquinho, tomando um bom vinho na sacada e olhando o mar. Fica localizado no Club Náutico, ou Marina como quiserem chamar. É muito pitoresco e aconchegante, decoração condizente com o mar e garçons atenciosos e educados. Possui um extenso cardápio para quem gosta de frutos do mar, eu como sou alérgica, confesso que não há muitas opções, porém, as disponíveis, são saborosíssimas. Gostamos tanto que estivemos lá duas vezes, durante nossa estada em San Andres. Preço justo e acessível.


- Casa Blanca:
Restaurante mais requintado, com dois cardápios distintos, um de comida Tailandesa e outro Cozinha Internacional. Sua carta de vinhos, é de dar inveja a muito restaurante por aí... Este restaurante fica no próprio Hotel Casa Blanca, localizado no centro de San Andres.
Preço um pouco mais alto.


- Peru Wok:
Restaurante também requintado, bom atendimento, cardápio variado, ambiente sofisticado e fica localizado no centro. Tem uma vista bonita e os preços não são exorbitantes.

Espero ter ajudado!!!

Tenha uma excelente Viagem!!!

Camila Lima

Camila Lima Mauá

respondeu 2 anos atrás

Oie Pat, eu me hospedei no hostel El Viajero e foi ótimo, a localização era ótima, o café da manhã 9pra um hostel) tbm, não tenho o que reclamar.

San andrés é um paraíso, vc vai amar!

Natany Lima

Natany Lima

respondeu 2 anos atrás

Olá Patricia,

Eu particularmente te indicaria a rede Decameron, eu fiquei hospedada em um deles (no centro) e foi ótimo, porque você terá acesso aos outros hoteis da rede espalhadas na ilha.

San Andrés é lindo, mas é preciso mente aberta pois é um pouco precária de estrutura. Se quer economizar passeios são vendidos nas ruas da ilha, mas se quer evitar dor de cabeça, não compre rs. Eu fechei várias na rua e todo dia inventavam uma desculpa para não irmos e perde o dinheiro. Foi bem chato. As vezes o barato sae caro.

Ah não deixe de fazer o passeio de moto ou carrinho de golf ao redor da ilha, é muito divertido e você vai parando nos pontos que achar mais bonito ;-D 

Tenho várias dicas no meu perfil holidaymeoficial do insta. Se tiver alguma dúvida específica me avise. 

bjo Natany.

Já imaginou fazer uma viagem 100% personalizada e feita sob medida para você?!

O Instaviagem.com é uma agência online especializada em criar roteiros 100% personalizados e sob medida para cada viajante. Você preenche um questionário informando todas as suas preferências e interesses e recebe uma consultoria grátis de um Especialista de viagens. Após fazer o orçamento, basta realizar o pagamento que o Instaviagem organiza toda a sua viagem do começo ao fim!

Responda a dúvida de Paty

Escreva a sua resposta...
RESPONDER

Recomendamos para você:

Perguntas que os viajantes também leram...

Junte-se a nossa incrível comunidade de +35.000 de viajantes experts do Dubbi.