Serra da Mantiqueira, trilha para todos


 Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro  

A Serra da Mantiqueira fica na divisa entre os estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.

Para quem gosta de trilhas e acampar é uma excelente opção na região Sudeste. Mas também há opções para caminhadas de um dia com esforço físico de leve a moderado.

Separei algumas opções para vocês.

Campos do Jordão

Paula Yamamura (Mochilão Sabático) adicionou foto de Minas Gerais,São Paulo,Rio de Janeiro Foto 1

Esta famosa cidade é a cidade mais alta do Brasil com 1.628 metros de altitude. E abriga o Parque Estadual de Campos do Jordão,também conhecido como Horto Florestal.No Horto paga-se um ingresso de entrada e é possível fazer várias trilhas, de dificuldades que variam de leve a moderada pesada. Não é possível pernoitar e é uma ótima opção para toda a família.

Pedra do Baú 

Paula Yamamura (Mochilão Sabático) adicionou foto de Minas Gerais,São Paulo,Rio de Janeiro Foto 2

Ao lado de Campos do Jordão, fica a cidade São Bento de Sapucaí,onde fica a Pedra do Baú. Trata-se de um complexo formado por três rochas: Pedra do Baú, Bauzinho e Ana Chata. O acesso ao Bauzinho é bem fácil e não é necessário grande preparo físico. Já para chegar no topo da Pedra do Baú e Ana Chata, recomendo uso de equipamentos adequados. Achei um pouco perigoso. É um passeio que pode ser feito para quem está hospedado em Campos do Jordão.

Pico do Lopo

Paula Yamamura (Mochilão Sabático) adicionou foto de Minas Gerais,São Paulo,Rio de Janeiro Foto 3

O Pico do Lopo fica em Extrema/MG e é uma excelente opção para iniciantes que querem tentar um acampamento selvagem pela primeira vez. Fica perto de São Paulo e a trilha é bem curta, então não é necessário grande preparo físico para essa aventura, pois você pode dormir antes de chegar ao Pico. Também há muitas pessoas fazendo um bate-e-volta por São Paulo.

Pico da Onça

Paula Yamamura (Mochilão Sabático) adicionou foto de Minas Gerais,São Paulo,Rio de Janeiro Foto 4

O Pico da Onça fica na divisa entre São Francisco de Xavier/SP e Monte Verde/MG, e o acesso pode ser feito por qualquer um dos lados. É uma trilha de dificuldade moderada, pois é necessário encarar uma subida para dormir no pico. Para quem já foi em Extrema, essa seria uma trilha um pouco mais avançada.

Veja mais detalhes desta trilha, neste link.

Travessia Marins a Itaguaré

Paula Yamamura (Mochilão Sabático) adicionou foto de Minas Gerais,São Paulo,Rio de Janeiro Foto 5

É possível fazer uma travessia saindo do acampamento base do pico do Marins em Piquete/SP, chegando no acampamento base do pico do Itaguaré, em Marmelópolis/MG. Nessa travessia, além dos picos, você irá conhecer outros atrativos como Morro do Careca, pico do Marinzinho, pedra Redonda e pedra do Picolé. É uma trilha pesada e é necessária experiência, com muitos obstáculos e navegação complicada.

Clique aqui para ver todos os detalhes desta travessia, com a distância, tempo, altitudes e fotos.

Travessia da Serra Fina

Paula Yamamura (Mochilão Sabático) adicionou foto de Minas Gerais,São Paulo,Rio de Janeiro Foto 6

Essa travessia é a considerada a mais difícil do Brasil. Recomendo pelo menos 4 dias para completar a Serra Fina. Além da navegação complicada em alguns trechos, há muitos obstáculos, considerável desnível e não há água nos acampamentos. Então é necessário sempre carregar água suficiente para passar a noite, deixando-nos mais pesados e lentos. Mas vale o esforço, os acampamentos ficam nos picos Capim Amarelo, (2.499 metros de altitude), Pedra da Mina (2.798 metros de altitude) e Pico dos Três Estados (2.665 metros de altitude).

Se animou para conhecer a Serra da Mantiqueira?

Também estou no blog Mochilão Sabático, Facebook e Instagram. Vá lá dar uma olhada.

- - - -

Se você curtiu esse texto, ficaria extremamente feliz se pudesse dar um nele aí embaixo ou compartilhar com seus amigos!

COMENTÁRIOS:

Recomendamos para você:

Viajantes também leram:

SUA VIAGEM COMEÇA AQUI

Dubbi é um novo espaço para que pessoas incríveis que amam viajar possam interagir, se ajudar e compartilhar suas histórias e dicas de viagem.

Junte-se a nossa incrível comunidade de +35.000 de viajantes experts do Dubbi.