Quer uma dica para curar coração partido? Viaje e viaje muito :)


  Machu Picchu  2093 visualizações

E como não ficar feliz com esse convite do Dubbi para escrever um pouco mais sobre minhas sensações de viajante.

Inauguro então essa encantadora missão com um tema que para muitos será chocante, para outros trará uma nostalgia de alguns momentos já vividos, e para uma pouca maioria (pois só desejo o bem rsrss), só lembrarão desse relato quando experimentarem esse momento heheheh.

Todos já sabem que viajar é bom para quase tudo... inclusive para curar coração partido!! E falo com conhecimento de causa, pois foi uma recomendação médica mesmo.

Pra começo de conversa, em 2014 após um rompimento um tanto traumático, com muito choro, aqueles 08 quilos que nem tanto precisava perder e uma cirurgia de emergência, por consequencia da baixa imunidade,, enfim, foi mesmo trash. Mas, saindo do hospital o médico me olhou e disse: aproveite sua licença médica e descanse, mas vá para longe daqui.

Rose Sena adicionou foto de Machu Picchu Foto 1

Eu, obediente que sou, juntei 03 amigos e traçamos um roteiro de Rio Branco-AC (onde resido a maior parte do ano) até Machu Pichu. Tinha lido um livro bem interessante de Sérgio Motta e me entusiasmei.

Foram 19 horas na La Carretera Del Pacífico. Estrada fantástica, com todo suporte de segurança e orientação aos turistas. PERIGOSA?? SIM, principalmente pela adrenalina de dirigir uma auto estrada tão bem conservada. Mas, impossível correr tanto, as curvas sinuosas e os penhascos na subida são tão espetaculares quanto assustadores.

Rose Sena adicionou foto de Machu Picchu Foto 2

Foram 10 dias para conhecer todo entorno de Cusco e visita ao Vale Sagrado de Machu Pichu. Na saída do Acre, na fronteira entre Assis Brasil e Peru (cidade de Iñapare) trocamos R$ por Soles (Novo Sol). Trocamos, cada um dos viajantes R$ 500,00, que equivalia na época a 1,30 (S)/PEN. Mas, a também encontramos melhor cotação em Dólar em Cusco.

Com essa grana pagamos o Hostel, alimentação e os passeios. Pasmem!! Lá se paga ingresso para quase tudo: museus, bibliotecas, mosteiros, etc. Mas, um custo acessível, em torno de R$ 2,00, R$ 5,00 e até R$ 10,00.

Para Machu Pichu, o valor já é mais caro. E optei por comprar numa agência, em dólar. Saiu em torno de R$ 420,00 todo o passeio (incluindo a inda até Ollantaytambo, de onde parte o trem). Alimentação não inclusa. Mas tem lanchonete na entrada do Vale. Informação importante: não pode levar comida ao Vale Sagrado. Apenas água e barrinha de cereal.

Rose Sena adicionou foto de Machu Picchu Foto 3

Bom.... para o primeiro relato deu né rsrss... Ahhh e a pergunta que não quer calar: e aí Rose, curou o coração partido??? Pelas minhas expressões das fotos já se percebe que aproveitei bastante a viagem. Curar, não lembro... mas, que fez um bem danado para o corpo e a mente, ahh fez!!

Gratidão e abraços fraternos,, em breve tem mais.

Rose :))

- - - -

Se você curtiu esse texto, ficaria extremamente feliz se pudesse dar um nele aí embaixo ou compartilhar com seus amigos!

COMENTÁRIOS:

Rosana Oliveira

Rosana Oliveira comentou 2 anos atrás

viajar cura tudo, por isso sempre que posso coloco o pé na estrada... srsrrs

ana merari

ana merari comentou 2 anos atrás

adoro viajar e espero que já esteja tudo cicatrizado

Sua viagem tão sonhada planejada por um Expert de viagem

O Instaviagem.com é uma agência online especializada em planejar roteiros 100% personalizados e feitos sob medida para cada viajante. Você preenche um questionário informando todas as suas preferências e orçamento e recebe uma consultoria de um verdadeiro viajante profissional!

Veja opções de roteiros personalizados para Machu Picchu,

PLANEJAR MINHA VIAGEM

Recomendamos para você:

Viajantes também leram:

SUA VIAGEM COMEÇA AQUI

Dubbi é um novo espaço para que pessoas incríveis que amam viajar possam interagir, se ajudar e compartilhar suas histórias e dicas de viagem.

Junte-se a nossa incrível comunidade de +35.000 de viajantes experts do Dubbi.