Leanan Sidhe

Quem já tirou a sua cidadania europeia, como foi o processo? Demorou muito? Foi muito custoso? Para quem tirou a cidadania pela Itália, quanto tempo d

Pretendo imigrar para a Inglaterra até o fim do ano que vem.

Meu perfil de viagem:

Responda a dúvida de Leanan

Escreva a sua resposta...
RESPONDER

2 Respostas

Ordenado por:
Rafael Marcolino

MELHOR RESPOSTA

Rafael Marcolino Aveiro

respondeu 7 meses atrás

Estou correndo atrás disso...
Já faz alguns anos que eu tinha ido atrás do reconhecimento da cidadania, mas na época achei que não teria direito.
Agora, desde dezembro de 2015 comecei a investigar novamente (forçado pela crise e desmotivação com o Brasil) e vi que é possível para o meu caso.

Por parte do meu pai não foi possível identificar a origem, mas por parte da minha mãe eu já sabia que era alemã e italiana, entretanto, parece que hoje em dia a cidadania alemã só é concedida aos filhos de alguém alemão, já pelo lado italiano, não há limites de geração.

Felizmente, após pesquisar e pesquisar, já consegui a parte que acho mais difícil, que é saber quem eram os antepassados, as datas e locais de nascimentos.

Só que um detalhe importante, por causa de uma antiga lei as mulheres italianas não tinham o direito de passar a cidadania para os filhos nascidos antes de 1948, ou seja, a mulher pode ter nascido antes de 48, só que o que importa é se o filho que ela gerou nasceu depois do dia primeiro de janeiro de 1948 ou não. Se foi depois, sem problemas, mas se foi antes (meu caso), aí é o que complica, pois desta forma eu não posso ir direto na Itália fazer aquele processo mais simples e rápido porque embora a lei atual entenda que homens e mulheres sejam iguais, isso não muda automaticamente o que se firmou no passado. Mas há uma solução, só que para este caso é preciso entrar com uma ação na Justiça italiana e aguardar a sentença, coisa que pode levar um ou dois anos (chamam isso de processo via materna). Até onde eu sei, todas as sentenças têm sido favoráveis até hoje, pois os juízes entendem que era uma lei que não fazia sentido. Exemplo disso é um caso ocorrido (não sei se foi o primeiro processo), no qual um irmão possuía o direito por ter nascido depois de 48, e o irmão nascido antes de 48, não tinha o direito, logo, qual a lógica de filhos nascidos de uma mesma mãe terem direitos diferentes referente ao reconhecimento da cidadania?

Esse tipo de ação não possui um custo muito diferente daquele onde você pode ir para a Itália e fazer o reconhecimento lá, e nos dois eu vejo vantagens e desvantagens, Pela via materna a vantagem é que você nem precisa ir para a Itália e pode continuar sua vida normal onde quer que esteja, entretanto demora mais tempo. O inverso ocorre no outro tipo de processo, onde você pode ir pra Itália e ficar uns 3 meses no aguardo do reconhecimento. (não estou levando em consideração solicitar aqui pelo Brasil, pois demora muito mesmo e não serve para quem se encaixa na lei de 48)

No momento estou aguardando o retorno do advogado para saber ainda se precisarei pedir retificação de algumas certidões. Caso não precise, irei solicitar a tradução dos documentos e depois preciso legalizá-los, para então mandar eles ao advogado e ele dar entrada no processo.

Cíntia de Melo

Cíntia de Melo São Paulo

respondeu 7 meses atrás

Oi Leanan

Eu estou fazeno o meu processo para tirar cidadania italiana.

O tempo é relativo se vcê já tiver toda a documentação necessária, basta você taduzir todos os docs, legalizar no consulado da italia (dizem que esse processo não sera mais necessario a partir de agosto) e decidir se vai fazer aqui ou na Itália. (tudo bem resumido)

Aqui no Brasil o tempo de espera é de mais de 10 anos

Se você for para Itália demora de 1 a 3 meses para sair (normalmente), e contratando um assessor você terá um custo de cerca de 3500 euros. ( esse valor muda de assessor paa assessor). Mas normalmente eles cobram 3000 euros e você tem gastos como passagem e alimentação

Quanto aos documentos você precisará de certidão de nascimento, casamento e óbito(quando houver), desde o seu antepassado italiano até você 

No meu caso por exemplo: Bisavô, bisavó, avó materna, e avô materno, mãe, pai e eu .

Espero ter ajudado


Fique por dentro das novidades e melhores dicas:




Instagram


Perguntas que os viajantes também leram...

Junte-se a nossa incrível comunidade de +35.000 de viajantes experts do Dubbi.