Luzia Loren

 Mochilão   Europa

Quem já fez mochilão para Europa, e porque escolheu esse tipo de viagem?

Olá galera, escrevo para uma revista na parte de turismo. E a próxima matéria é sobre Mochilão à Europa, na outra edição falaremos da viagem de luxo para a Europa. Mas no mochilão, queremos saber
Porque escolher fazer um mochilão ao invés da viagem tradicional?
O mochilão te permite conhecer os mesmos lugares que uma viagem convencional permitiria, como os lugares históricos e postais europeus?
Qual a maior diferença entre mochilão e a viagem convencional?
O que é necessário para realizar um mochilão? Quais suas dicas de hospedagem, passeios, etc?
Seu roteiro?
Qual melhor época ou estação do ano para ir à Europa?
Quanto gastou?


E se quiser acrescentar algo pode mandar também.
Se puder envie fotos da sua viagem, como nome completo em alta resolução para que eu possa publicar na revista.

email para encaminhar as respostas e fotos
canalrotadeviagem@gmail.com

Meu perfil de viagem: Aventureiro, Mochileiro

Responda a dúvida de Luzia

Escreva a sua resposta...
RESPONDER

3 Respostas

Ordenado por:
Mariana Tavares

MELHOR RESPOSTA

Mariana Tavares Belo Horizonte

respondeu 1 ano atrás

Ei, Luzia! Eu fui para a Europa ano passado, fiz parte do roteiro com agência, mas te falo que a parte que fiz por conta própria foi muito boa! Consigo ver nitidamente o que é melhor em um e em outro roteiro. Viajando sozinha, peguei um mapa e andei. Andei muito!!!! De dar dor na perna! Mas conheci lugares muito legais, que se fosse com um roteiro tradicional de agência eu não conheceria. Pude conversar com várias pessoas, principalmente na Itália, porque fiz italiano antes de ir. Essa experiência foi incrível! Poder conversar e conhecer um pouco da história, sabe? Ficar perdida e num pedido de informação receber indicações fantásticas! E ser surpreendida a cada momento com lugares que nunca imaginei conhecer! Foi excepcional! E gasta-se muito menos! Você compra passagens de trem, passes de ônibus, anda a pé! Faz reservas pelo booking! O legal é justamente a flexibilidade que você tem de mudar seu roteiro a qualquer hora! O mochilão te permite conhecer todos os lugares que a agência passa, mas permite conhecer muitos outros. Você pode sim definir passar pelos pontos turísticos. Mas em alguns, só vale a pena passar mesmo, porque às vezes não tem tanta coisa para fazer no local. Aí indo de mochilão, você fica o tempo que quer! Se estiver bom, fica mais, se for tedioso, vai embora rápido!

A única vantagem que vi no roteiro com agência é a economia de tempo, porque eles te levam para a frente das filas. Na verdade, você nem enfrenta filas! Mas é muito mais caro! Fora que você só conhece alguns lugares pela janelinha do ônibus, às vezes não dá nem para descer. Ah, outro ponto que a agência ganha é com relação à mala! Você não precisa se preocupar em carregá-la pra cima e pra baixo. Eles cuidam disso para você! É muito mais cômodo, tem alguém que te leva e te busca nos lugares, você não se preocupa com nada. Mas acho que ir por sua própria conta e risco, perder-se, arriscar-se, te faz conhecer mais a fundo um lugar!

Bem, espero ter ajudado! Se fosse uma votação, escolheria mochião, com certeza!

Oldwoman Passing By

Oldwoman Passing By  Norwalk (Connecticut)

respondeu 1 ano atrás

Europe - Oi, Luzia: não sei se o meu caso entra em mochilão, de vez que viajo mesmo é com uma mala pequena, mais uma mochila para ficar sempre junto comigo com coisas mais pessoais. Gosto de ficar um mínimo de três meses, se der mais. Parto com uma ideia inicial desenhada na intenção, depois vou fazendo a rota pelo caminho. Procuro gastar pouco, com um mínimo de conforto, então raramente fico em dormitórios. Escolho alojamento individual (neste caso, às vezes um b & b, ou até um hotel empatam ou batem os preços dos hostel). Para os deslocamentos internos uso mais trem, barco ou ônibus. Faço uma programação pelas principais atrações geralmente a pé, ou de metrô. Pego um ou dois ônibus de linha, vou até o final e volto para ter uma ideia geral da cidade (gasto nisso menos de 5 euros). Faço apenas uma boa refeição por dia, por isso gosto dos b & b, pois você já sai com um café da manhã reforçado, e muitos oferecem facilidades no quarto, como mini-bar e cafeteira, então compro coisas nos mercadinhos próximos e levo para o quarto. Desde que viajei sozinha pela primeira vez descobri que é assim que gosto, escolher como, quando e aonde ir. Do meu jeito e no meu tempo (ah, tenho mais de 60 anos), se gosto de um lugar, fico mais. Se não gosto, fecho a conta e sigo adiante.

Espero ter ajudado.

Lugares mencionados
+ Outras respostas

Fique por dentro das novidades e melhores dicas:




Instagram


Perguntas que os viajantes também leram...

Junte-se a nossa incrível comunidade de +35.000 de viajantes experts do Dubbi.