Já fizeram workaway?

Amores, o workaway é um site que permite você entrar em contato com gente do mundo todo, dando a possibilidade de fazer um intercâmbio "free" em troca de favores , seja cuidando das plantações e animais ou até lavando louça de hostel... (exemplo)

Queria saber se alguém daqui já fez e se sim como foi a experiência?

Indicaria?

Meu perfil de viagem: Aventureiro, Mochileiro

Responda a dúvida de Marina

Escreva a sua resposta...
RESPONDER

13 Respostas

Ordenado por:
Renan Pitz

MELHOR RESPOSTA

Renan Pitz

respondeu 1 ano atrás

Olá, tudo bem? Eu nunca tinha visto essa rede social e muito por acaso caí aqui e só entrei nela pra te responder hahaha. Bem, vamos ao que interessa. Eu me chamo Renan, tenho 23 anos e morei em Dublin  onde eu estudava ingles e trabalhava. Chegando ao fim do curso, pensei no workaway, onde eu conheci gente que fez vindo para o Brasil . Decidi tentar. Eu procurava por algum outro país onde houvesse menos brasileiros possivel e preferencialmente com lingua nativa inglesa ou espanhola. Procurei por País de Gales  , Escócia  ,Inglaterra   e Espanha  . Mas também procurei por Portugal  e outros países europeus como Alemanha 
  e Romênia.  Depois de algumas semanas de busca (acho que em menos de 2 semanas, consegui um na Escócia 
para cuidar de crianças, mas como era interior, desisti. Ai consegui em um hostel naRomênia   para 1 mês e meio depois, aceitei. Porém, alguns dias depois, me chamaram para trabalhar em um hostel no centro deMadri para ASAP. E 2 dias depois eu já estava lá hahaha. 

Foi uma experiência MARAVILHOSA, fiz grandes amigos, conheci gente de toda parte do mundo, curti MUITO a cidade, o  trabalho, a cultura. As pessoas que me convidaram pra lá foram extremamente atenciosas e muito amigas também e ainda sou amigo deles. Por sorte, além de ter a hospedagem no hostel, café da manha e poder comer o que quiser do café da manha  a hora que eu quisesse do dia, me davam 150 euros por mês para almoçar, mas como era bem barato as coisas, eu comia com menos de 50 no mês e o resto era bebendo hahahaha. 

Um conselho: FAÇA. Se as pessoas forem bem receptivas, você não vai se arrepender. Boa sorte!!

Lugares mencionados
  1. Dublin , City
  2. Brasil , BR
  3. País de Gales , Wales GB
  4. Escócia , Scotland GB
  5. Inglaterra , England GB
  6. Espanha , ES
  7. Portugal , PT
  8. Alemanha , DE
  9. Romênia , RO
  10. Escócia , Scotland GB
  11. Romênia , RO
  12. Madri , d d Área Metropolitalitana y Corredor del Henares
Rafael Spisla

Rafael Spisla Curitiba

respondeu 9 meses atrás

Olá Marina, não sei quando você postou esse comentário aqui mas eu gostaria de compartilhar também! Eu e minha esposa estamos há mais de um ano viajando pela Europa fazendo Workaway e também WWOOF e HelpX. Já trabalhamos na Suíça , Alemanha , Polônia , Croácia , Romênia , Turquia , Itália, Islândia, Escócia, Inglaterra, Marrocos, Espanha e França.

Tivemos experiências incríveis trabalhando em fazendas, casas de famílias, hoteis, hostels, pousadas, etc, e até agora não conseguimos entender como quase ninguém conhece sobre esse tipo de viagem. Indico muito pra quem quer ter uma experiência de viagem muito mais imersiva e pra qualquer um que queira sair um pouco da rotina castigante da vida moderna.

Enfim, se quiser saber mais dá uma olhada no nosso blog jornadaviva.com e segue a gente no facebook.com/jornadaviva. Ah, também temos um canal do Youtube onde estamos colocando vídeos mostrando um pouco de casa experiência.

Abraços!

Lugares mencionados
  1. Suíça , CH
  2. Alemanha , DE
  3. Polônia , PL
  4. Croácia , HR
  5. Romênia , RO
  6. Turquia , TR
Andre Rio

Andre Rio Praia do Perigoso (Rio de Janeiro)

respondeu 1 ano atrás

Oi Marina, quase fiz certa vez mas acabei adiando a ideia por outras razões, entretanto na época conversei com uma brasileira que vivia na alemanha, ela queria alguém pra cuidar dos 3 filhinhos dela durante 3 meses e eu só queria ficar por 1 mês. Logo, não chegamos a um acordo.

De qualquer modo acho super válido o site e o ideal é isso mesmo, é ver qual área mais te interessa e trocar o máximo de msg's com a pessoa pra não ter surpresas depois.

Acho que em comparação ao CI que cobra uma fortuna, o workaway permite trabalhar, treinar um idioma e viver como um local...ou seja muito melhor.

Recomendo imensamente o site www.paraonde.org que tem como objetivo o trabalho voluntário pelo mundo afora, as vzs até com as despesas pagas.

Ed On The Road

Ed On The Road São Sebastião-SP

respondeu 7 meses atrás

Marina, tudo bem?

Eu fiz workaway e recomendo para qualquer ser vivente neste planeta e fora dele. rs

Comecei pela Itália, em Chiusi  , onde fui colher azeitonas, depois fui para Klement , com uma família singular, onde os ajudava com limpeza e brincava com os filhos deles. Em Steyr , foi realmente fantástico e basicamente eles queriam alguem para estar com eles e praticar o Inglês. Em Orschweier  a família era igualmente fantástica e me surpreenderam com inúmeros passeios pela Alemanha e França. Saindo de lá, fiz Couchsurfing em Bremen e depois peguei uma carona para o norte da Alemanha , para o meu próximo host, que era em Hollenstedt , onde tive a chance de conhecer Hamburgo . Lá passeio natal e ano novo ajudando em um lar para crianças. Foi sensacional.

Resumindo, foram experiências enriquecedoras e inesquecíveis. Foi ótimo viver dentro da realidade de diferentes culturas, ver como eles se relacionavam, se portavam e todos esses detalhes que não vimos em rotas turísticas tradicionais.

O que mais recomendo, é tratar muito bem os detalhes e escolher bem o tipo de host que você deseja. Eu, por exemplo, evitei qualquer empresa, afinal, queria viver a realidade do pessoal e não ser um funcionário voluntário, o que acaba acontecendo em muitas empresas que optam por receber workawayers. Importante mencionar que esta é a minha opinião pessoal e foi o que achei cabível e conveniente para mim nas minhas férias.

Recomendo pensar, pesquisar e falar com os hosts que você deseja estar o mais cedo possível, pois muitos deles jamais respondem.

Abraços e uma ótima viagem pra você!!!

Lugares mencionados
  1. Itália , IT
  2. Chiusi , IT
  3. Klement , Gemeinde Ernstbrunn Korneuburg
  4. Steyr , Upper Austria
  5. Orschweier , Mahlberg Freiburg
  6. Bremen , HB
  7. Alemanha , DE
  8. Hollenstedt , Harburg
  9. Hamburgo , Hamburg HH DE
Luís Felipe de Magalhães

Luís Felipe de Magalhães Montreal

respondeu 5 meses atrás

Oi Marina, tudo isso que falaram nos comentários é verdade. Workaway é uma experiência incrível, só fique atenta com algumas coisas:

1 - Não deixe te explorarem. Principalmente em hostels, aguns donos acabam fazendo você acumular função. Não caia nessa, afinal de contas, você não está sendo paga pelo seu serviço.

2 - Alguns hosts dizem que oferecem café da manhã ou refeição, mas chegando lá é bolacha e água. Fique atenta e tente confirmar isso antes da sua chegada.

3 - Fique ligada exatamente onde é a localização desses workaways e repasse para algum amigo. Veja se é seguro e como você vai se locomover. As vezes é em uma comunidade alternativa no meio do nada e você quer ir pra balada, mas não consegue. 

Só algumas dicas, segurança e conforto nunca é demais né?

Espero que tenha te ajudado :)

Marcos Vaz

Marcos Vaz Rio de Janeiro

respondeu 2 semanas atrás

Acabei de voltar de um agora! muitoooo maneiro fui pelo worldpackers que é praticamente a msm coisa! 

 

Gravei um vídeo do meu dia a dia lá na Suíça.

 

https://www.youtube.com/watch?v=s8fmUppnHzU

Bárbara Fonseca

Bárbara Fonseca

respondeu 5 meses atrás

Olá Marina!

Em abril cheguei de um mochilão de seis meses que fiz por seis países da América Central com uma amiga. Neste período, fizemos quatro trabalhos como voluntária, três deles por meio do Workaway. Eu super recomendo a experiência, não só do ponto de vista da economia, mas também por possibilitar uma troca cultural bem maior do que quando você viaja apenas como turista. Estamos fazendo um blog para contar as histórias da viagem. Dá uma olhada lá que tem post sobre o trabalho voluntário: www.possoprovar.wordpress.com

Facebook: facebook/possoprovar

instagram: posso_provar

Murilo Pagani

Murilo Pagani

respondeu 6 meses atrás

A Camila do blog O Melhor Mês do Ano (que super recomendo por sinal) já fez e conta tudo nesse post!

http://www.omelhormesdoano.com/workaway-e-confiavel/

Espero que ajude!

Abraço,

Murilo Pagani

Analúcia Batista

Analúcia Batista São Paulo

respondeu 1 mês atrás

Eu acabei de fazer a minha inscrição no site e estou a procura de um hostel em Montevidéu para ficar durante um mês. Ainda estou descobrindo como tudo funciona, mas até o momento estou maravilhada com as possibilidades e oportunidades do site. Achei que valeu cada centavo mesmo ainda não tendo fechado com ninguém um trabalho voluntário.

Lugares mencionados
  1. Montevidéu , UY
Danillo Gabriel

Danillo Gabriel Campina Grande

respondeu 6 meses atrás

Olá Marina,

Não conhecia o workaway.

Obrigado por compartilhar! 

Boa sorte, bjs!

Laura Sette (7 Cantos do Mundo)

Laura Sette (7 Cantos do Mundo) Copenhague

respondeu 3 meses atrás

Pessoal, todas as experiências que vocês compartilharam foram muito valiosas e me ajudaram a decidir ir por este caminho.

Gratidão!!!

Acabei de me aplicar para a minha primeira vaga do Workaway :D

Mas vou continuar buscando, pq não é tão fácil assim, né?

Torçam por mim! hehe

Abraços e boas viagens a todos!

PS: vou compartilhar essas experiências no meu blog, fica aqui a sugestão, caso alguém queira acompanhar =]

 https://www.facebook.com/7cantosdomundo/

 https://www.instagram.com/7cantosdomundo/

Eduardo Cidade

Eduardo Cidade

respondeu 6 meses atrás

Particularmente nunca fiz workaway, mas o que já fiz algumas vezes é perceber quantas vagas existe em um dado local pelo site. Se vejo que a cidade X está bombando com ofertas do workaway, tento algo diretamente in loco a fim de aumentar meu potencial de barganha. Por exemplo, se sei que o local X oferece troca de trabalho por acomodação no workway, lá vejo se consigo também ganhar dinheiro se negociar diretamente e fingir que nunca ouvi falar do site :D

Algumas vezes funciona. Na Turquia houve uma ocasião onde só teria comida por trabalho, fui diretamente e consegui trabalhar menos, comida, acomodação e dinheiro. :D

Responda a dúvida de Marina

Escreva a sua resposta...
RESPONDER

Fique por dentro das novidades e melhores dicas:




Instagram


Perguntas que os viajantes também leram...

Junte-se a nossa incrível comunidade de +35.000 de viajantes experts do Dubbi.