Vistos e Imigração   Austrália

Intercâmbio em Melbourne ou Sydney

Estou em dúvida se vou ou não pra Austrália pra fazer um intercâmbio de 4 ou 6 meses. O investimento é bem mais alto que ir pra Malta que é minha outra opção. A grande vantagem pra mim é a possibilidade de trabalhar. Gostaria de ter noção de como é trabalhar em Melbourne e Sydney. Não sei nada de inglês, em quanto tempo mais ou menos consigo um trabalho? Qual a média de salário pra empregos que não exigem fluência em inglês? Qual o custo de vida nas duas cidades? Quanto é o aluguel de um quarto perto do Melbourne Central Railway Station? Qual a melhor praia pra frequentar em Melbourne? Qual a melhor praia pra frequentar em Sydney?
Tenho que resolver pra onde vou rápido pois em Agosto já quero estar fora do Brasil.

Meu perfil de viagem:

Responda a dúvida de Daniela

Escreva a sua resposta...
RESPONDER

2 Respostas

Ordenado por:
Ricardo Carvalho

MELHOR RESPOSTA

Ricardo Carvalho São Paulo

respondeu 1 ano atrás

Já morei na Australia e digo que lá é o paraíso na terra. rs. Porém arrumar emprego não é tão fácil quanto dizem. Você pode ter sorte e alguem esta saindo do serviço (pq esta voltando pro país) e vc fica no lugar da pessoa. Porém se vc ainda precisa aprender um pouco do inglês isso pode dificultar um pouco sim.

4 ou 6 meses é muito pouco para a Australia pq vc nao vai querer voltar. Todos que conheci lá que ficaram 6 meses queriam poder ficar mais...

Entao talvez seja melhor vc ir para Malta que seja sua outra escolha e volte pra Australia quando tiver um ingles tipo intermediario e que possa ficar mais tempo, pq vale a pena MESMO ! ;)

Mas se vc for dessas que gosta de dar a cara ao tapa e vai encarar mega desafios, boa sorte tbm !! :) de qualquer forma o lugar que vc escolher vai ser otimo pra vc sem dúvida 

Marcelo Costa

Marcelo Costa Porto Alegre

respondeu 1 ano atrás

Oi Daniela.  Vou responder pela experiencia que minha irmã esta tendo. Ela foi para Sydney sem falar uma palavra em ingles, portanto os primeiros dias foram bastante tensos. Mas tudo depende de cada um. Ela optou por não ter contato com brasileiros, logo conseguiu fluencia muito mais rapido, em duas semanas ja conseguia sobreviver e em dois meses ja falava como indio.

Quanto a trabalho pra ela foi relativamente facil, na segunda semana ja conseguiu. Ela começou em uma lanchonete, passou por um lavajato e depois optou por anunciar serviços de faxina, cobrando 35$ a hora. Tinha uma demanda de 5 a 6 chamados dia. 


Fique por dentro das novidades e melhores dicas:




Instagram


Perguntas que os viajantes também leram...

Junte-se a nossa incrível comunidade de +35.000 de viajantes experts do Dubbi.