Curiosidade e Inspiração   Cuba

Dicas sobre CUBA!

Pessoal, como estão?

Em utubro pretendo passar alguns ias em Cuba....
Queria algumas dicas de coisas imperdíveis por lá... atrações turisticas, passeios, restaurantes, bares, baladas, hospedagem, cidades, essas coisas!!!!!

Além disso, se tiver alguma infomação ou curiosidade sobre o país que acham legal saber antes de ir, por favor me passem algum artigo, ou matéria!!!

Um grande abraço!!!
BOA VIAGEEEEEM
:D

Meu perfil de viagem: Aventureiro, Mochileiro, Gastronômico, Historiador, Festeiro, Natureza

Responda a dúvida de Marcos Henrique

Escreva a sua resposta...
RESPONDER

7 Respostas

Ordenado por:
Analuiza Carvalho (Espiando Pelo Mundo)

MELHOR RESPOSTA

Analuiza Carvalho (Espiando Pelo Mundo) Salvador

respondeu 6 meses atrás

Havana  é muito bacana, mas é pequena. Você consegue conhece-la caminhando, sem problema nenhum. À época tivemos muitas dificuldades de nos comunicar com Havana então, pela primeira e única vez recorremos a uma agência de viagens para nos auxiliar. Com isso, pegamos um transfer do aeroporto para o hotel. Já ouvi relatos de blogueiros que viajaram recentemente para lá e que negociaram um preço com os taxistas e no meio do caminho queriam mais. Tome cuidado. 

Na cidade os clássicos são, caminhar por Habana Vieja (apesar de toda a decadência, meu local favorito), Malecón (o por do sol é absurdo), Paseo del Prado , Plaza de la Revolución com a imagem de Che, onde acontecem os principais eventos da cidade, Plaza de la Catedral , Museo del Ron Havana Club, Plaza de San Francisco , Coppelia , Vedado, Museu da Revolução ... 

Eu me hospedei no Hotel Habana Libre – quarto general dos irmãos Castro e Che após a revolução. Fiquei em um quarto alto, voltado para o Malecón. Bárbaro.

Não deixe de visitar a sorveteria Coppelia, almoçar no Bodeguita del Medio que é super turístico mas vale à pena e o melhor almoço de todos: no La Guarida, cenário de Fresa y Chocolate. Gostei do Doña Blanquita também, um paladar onde pudemos comer na varanda, mas paladares têm muito na cidade.

Sugiro que você leia Trilogia Suja de Havana antes de ir, assista Habana Blues e Fresa y Chocolate para (tentar) entender um pouquinho desse país e alguma coisa de Hemingway

Eu não quis ir a Varadero. Preferi ir a Cayo Largo. Fomos em um pequeno avião russo. É uma ilhota minúscula onde passamos dois dias tomando mojito, cantando Gantanamera e nos banhando nas águas muito azuis do Caribe. 

Vá mesmo a Cuba e se encante com este país. 

Ana

Diana Emidio

Diana Emidio Guarujá

respondeu 6 meses atrás

Ola Marcos, um destino incrível hem!!!!, ta na minha lista rs ... eu sempre leio e pesquiso sobre Cuba... achei dicas interessantes aqui... segue o link http://www.viajenaviagem.com/destino/cuba

Bárbara Fonseca

Bárbara Fonseca

respondeu 5 meses atrás

 Olá Marcos, tudo bem?

Bom, sempre que me perguntam sobre Cuba eu explico antes que sou um tipo de viajante que busca fugir do convencional. Para mim vale mais uma tarde inteira na casa de um local, sem fazer nada, do que fazer check-in em pontos turísticos citados em guias de viagem. Por ironia sou jornalista e escrevo um blog de viagens, mas longe de dar dicas, prefiro contar histórias. Mas bem, vamos a Cuba. Estive no país por quase dois meses, entre fevereiro e março. Sim, eu vi os Rolling Stones! E foi uma das experiências mais incríveis da minha vida. Viajei o país quase de uma ponta a outra (me faltou Piñar del Rio) e fui totalmente sem planejamento. Estava vivendo com meu namorado em uma ilha da Nicarágua, durante meu mochilão de seis meses pela América Central, e a dona da casa em que vivíamos resolveu aumentar o preço do aluguel. No fracasso de tentativas em abaixar o preço ou encontrarmos outro lugar para morar, demos um trago em um rum e resolvemos ir a Cuba. sim, foi dessa forma. A seguir, vou colocar algumas dicas a partir do que vivi. 

- Hospedagem: Não fique em hotéis. Além de serem mais caros, você não vai ter o melhor de Cuba que, sem dúvida, são os cubanos. Fique em casas particulares. Há aos montes em Havana e em todo o país. Elas são identificadas com um síbolo azul na porta que se parece uma âncora. As casas, geralmente, são super confortáveis e o pessoal bem simpático. O preço médio é de 25 dólares a diária para 2, mas sempre conseguimos por 15. Muitas destas casas oferecem café da manhã. O mais legal é que você pode tirar dúvidas com os moradores, pedir recomendações de lugares etc. Para você ter uma ideia, quando saímos para viajar pelo país, deixamos praticamente todas as nossas coisas na casa da mulher que nos hospedou em Havana. Computador, equipamento de mergulho, tudo. E quando voltamos foi uma festa. O pessoal realmente se apega e te trata como um filho. Há vários sites que é possível reservar estas casas, mas eu recomendo reservar só a primeira e depois buscar lá mesmo. 

- Transporte: Viajei o país todo em caminhão. É que em Cuba você tem duas opções de ônibus: ou os ônibus nacionais, que estrangeiros não podem subir, ou ônibus turísticos, da empresa Via Azul, que apesar de confortáveis são muito caros. Fizemos tudo de caminhão, que é o transporte usado pelo povo cubano por ser mais barato. Para você ter uma ideia, pagamos 10 dolares de Havana a Santiago, enquanto que o ViaAzul era 50! 

 - Lugares: Havana é linda. E o mais legal não são os museus, os bares de salsa, as praças. O mais legal é andar, andar e andar sem rumo. Conversar com as pessoas, escutar música, beber rum na rua. É uma cidade viva. De museu, vá ao da revolução. A história da revolução cubana é super interessante. Tive a oportunidade de tomar rum com um ex-guerrilheiro e foi uma das coisas mais bacanas da minha viagem

Vá a Trinidad. é incrível! A cidade é super musical e ainda tem praias bonitas, que dá para conhecer de bicicleta. 

A maior parte da costa está tomada de hoteis e resortes, Não é meu tipo de turismo, por isso não fui a Varadeiro. A melhor praia que estive é Maguana, na provincia de Guantanamo, em Baracoa. Povo simples e hospitaleiro, preços super em conta e visual incrível. 

Se tiver oportunidade vá ao maosoleu do Che em santa clara. É bem legal e a cidade bem simpática. Está perto de Havana. 

Fique atento ao povo simpático demais que há em Havana. Sempre aparece um pra te levar a um restaurante e quando você vê, já está pagando para o cara ir embora. Fiz muitos amigos lá, inclusive me hospedei em casas de gente que nem era autorizado a receber turistas, peguei carona (algo também que é proibido em Cuba), mas há esse problema. Tem muita gente que quer se aproveitar, mas é só você não dar ideia. 

No mais, se joga, vá sem preconceitos e sem tanta ansia de conhecer o que há de turismo. Cuba já vale por si só. Desfruta e seja muito feliz lá!

Se quiser mais histórias, visite nosso blog!

www.possoprovar.wordpress.com

Facebook/possoprovar

Instagram: posso_provar

Aldo Cruz

Aldo Cruz São Paulo

respondeu 6 meses atrás

Oi Marcos,

Assim como a Naysa, eu fui pra Cuba há quase 30 anos, e acho que as coisas mudaram bastante pros turístas de lá pra cá. Quando fui, a ilha ainda recebia ajuda financeira da ex-URSS. Existiam, e acho que ainda existem, dois mundos muito distintos. O mundo dos cubanos e o mundo dos turistas. Os turistas tinham sua moeda, seu taxi, seu restaurante, seus lugares, que eram diferentes dos dos cubanos.

Para poder vivenciar a realidade do pais, era comum se acercar de jovens cubanos para poder circular em lugares que não eram reservados aos turistas. Em troca os turistas facilitavam a vida dos jovens, entrando com eles nas "tiendas" que eram lugares de compras reservados somente a estrangeiros, onde os jovens faziam compras de bens aos quais eles não tinham acesso.  Fui a muitos clubes de música, comi nos "paladares" que são restaurantes populares exclusivos dos cubanos, usando esse artifício, e foi ótimo. Não sei se hoje ainda é assim. Acho que não.

Em Havana fiquei hospedado em Vedado, que é bem central e perto da famosa sorveteria Copélia.

Além de Havana, também sugiro que você vá a Cayo Largo, uma pequena ilha ao sul, em pleno mar do Caribe, com paisagens fantásticas.

Neste blog aqui http://www.viajenaviagem.com/destino/cuba tem dicas preciosas, inclusive sobre como deve mudar o turismo com a reaproximação de Cuba aos EUA.

Boa viagem

Naysa Puget

Naysa Puget

respondeu 6 meses atrás

Fui a Cuba há mais de 39 anos...mas bem lembro da veleza do prádi do Hotel Nacional de Cuba, super bem localizado ( não me hospedei nele, mas acho que deve ser mioto bom)

Quanto aos oasseios, é bacana conhecer a famosa Varadero, mas mais bacana ainda é pegar um avião, viar por uma hora e conhecer a maravilhosa Cayo Largo

boa viagem!

Bruna Faria

Bruna Faria São Paulo

respondeu 3 meses atrás

Oi Marcos Henrique, tudo bem?

Voltei faz alguns dias de Cubas e escrevi esse post sobre as dicas relacionadas ao visto, seguro de viagem exigido, moeda etc: http://blogs.jovempan.uol.com.br/mustshare/america-central/cuba/cuba-2016-visto-seguro-viagem-dinheiro-internet/

Durante a semana também vou atualizar com dicas sobre alimentação, hospedagem, gastos, segurança e outras gerais.

Espero que ajude!

Responda a dúvida de Marcos Henrique

Escreva a sua resposta...
RESPONDER

Fique por dentro das novidades e melhores dicas:




Instagram


Perguntas que os viajantes também leram...

Junte-se a nossa incrível comunidade de +35.000 de viajantes experts do Dubbi.