Marlos Faria

 Aventura   Mato Grosso do Sul

Dicas de passeios no Pantanal

Estou planejando uma viagem para o Pantanal. O que recomendam fazer lá? Alguma dica de hospedagem?
Não ligo muito pra conforto, minha vontade é ter uma experiencia intensa lá.

Meu perfil de viagem: Aventureiro, Mochileiro

Responda a dúvida de Marlos

Escreva a sua resposta...
RESPONDER

2 Respostas

Ordenado por:
Sylvia Soares

MELHOR RESPOSTA

Sylvia Soares São Paulo

respondeu 1 ano atrás

Olá, Marlos!

O Pantanal está situado entre o sul de Mato Grosso (MT) e o noroeste de Mato Grosso do Sul (MS).

O MS possui melhor infraestrutura para turistas. Mas se deseja uma experiência intensa e mais rústica, sugiro conhecê-lo pelo MT.

Se optar pelo lado MT, vale a pena chegar por Cuiabá e seguir para Poconé. A cidade fica há 100 km da capital e é o portal de entrada do Parque Nacional do Pantanal Matogrossense. Outra alternativa é adentrar por Barão de Melgaço.

A melhor opção para conhecer a região é hospedando-se em uma das inúmeras fazendas. Nelas, é possível ficar próximo da fauna (tuiuiús, jacarés, macacos, aves, muitos peixes e se der sorte, onças), conhecer a rotina do pantaneiro (que já é uma aventura e tanto) e degustar a culinária regional (arroz Maria Isabel, galinhada, ventrecha de Pacú, Jacaré a palito, bolo de arroz e tantas outras delícias).

Se tiver tempo, faça um roteiro combinado com Nobres e Chapada dos Guimarrães. Vale muito a pena!

Boa viagem!

Sylvia Soares

Sylvia Soares São Paulo

respondeu 1 ano atrás

Olá, Marlos!

O Pantanal está situado entre o sul de Mato Grosso (MT) e o noroeste de Mato Grosso do Sul (MS).

O MS possui melhor infraestrutura para turistas. Mas se deseja uma experiência intensa e mais rústica, sugiro conhecê-lo pelo MT.

Se optar pelo lado MT, vale a pena chegar por Cuiabá e seguir para Poconé. A cidade fica há 100 km da capital e é o portal de entrada do Parque Nacional do Pantanal Matogrossense. Outra alternativa é adentrar por Barão de Melgaço.

A melhor opção para conhecer a região é hospedando-se em uma das inúmeras fazendas. Nelas, é possível ficar próximo da fauna (tuiuiús, jacarés, macacos, araras, muitos peixes - e se der sorte - onças), conhecer a rotina do pantaneiro (que já é uma aventura e tanto) e degustar a culinária regional (arroz Maria Isabel, galinhada, ventrecha de Pacú, Jacaré a palito, bolo de arroz e tantas outras delícias).

Se tiver tempo, faça um roteiro combinado com Nobres e Chapada dos Guimarrães. Vale muito a pena!

Boa viagem!


Fique por dentro das novidades e melhores dicas:




Instagram


Perguntas que os viajantes também leram...

Junte-se a nossa incrível comunidade de +35.000 de viajantes experts do Dubbi.