lu ciana

  Brasil

Artista de rua

Sou artista de rua e quero saber dos lugares "legalizados!" para fazer ARTE na RUA.

Meu perfil de viagem: Mochileiro

Responda a dúvida de lu

Escreva a sua resposta...
RESPONDER

4 Respostas

Ordenado por:
Angelica Cardoso Cardoso

MELHOR RESPOSTA

Angelica Cardoso Cardoso Guaxupé MG

respondeu 9 meses atrás

oi...olha o que eu achei p vc,,,,

Quatro cidades baianas receberão o 12º Festival Internacional de Artistas de Rua da Bahia, que reunirá cerca de 20 atrações artísticas da África, Ásia, Europa e Américas, que chegam à Bahia para mostrar a riqueza das artes de rua. O Festival conta com o apoio do Fundo de Cultura da Bahia, mecanismo de fomento à cultura gerido pelas secretarias de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA) e da Fazenda (Sefaz) e envolverá shows de música, mímica, acrobacia, teatro, dança, comédia e artes plásticas, sob a direção artística de Bernard M. Snyder, o “homem-banda”, e direção geral e produção de Selma Santos.

O Festival Internacional de Artistas de Rua da Bahia acontecerá nos dias 04, 05 a 06 de março em Salvador; nos dias 08 e 09 em Ilhéus; nos dias 11 e 12 em Valença e no dia 13 em Madre de Deus. Todas as apresentações acontecem em praças públicas, sem cobrança de ingresso e são indicadas para espectadores de todas as idades.

O evento já foi realizado em dez localidades diferentes de Salvador e nove cidades do interior do estado. Em Salvador, já foram palco para o Festival o Aeroclube (três anos), Praça da Sé (dois anos), Campo Grande (dois anos), Farol da Barra, Parque da Cidade, Comércio, Liberdade, Ponta do Humaitá (três anos), Praça Municipal e Ribeira (três anos). No interior do estado os artistas do Festival já se apresentaram em Santo Amaro, Santo Antônio de Jesus, Juazeiro (dois anos), Sobradinho (três anos), Paulo Afonso (quatro anos), Maragojipe, Conceição do Almeida, São Francisco do Conde e Madre de Deus.

Fundo de Cultura do Estado da Bahia
Criado em 2005 para incentivar e estimular as produções artístico-culturais baianas, o Fundo de Cultura é gerido pelas Secretarias da Cultura e da Fazenda. O mecanismo custeia, total ou parcialmente, projetos estritamente culturais de iniciativa de pessoas físicas ou jurídicas de direito público ou privado.

Os projetos financiados pelo Fundo de Cultura são, preferencialmente, aqueles que apesar da importância do seu significado, sejam de baixo apelo mercadológico, o que dificulta a obtenção de patrocínio junto à iniciativa privada. O FCBA está estruturado em 4 (quatro) linhas de apoio, modelo de referência para outros estados da federação: Ações Continuadas de Instituições Culturais sem fins lucrativos; Eventos Culturais Calendarizados; Mobilidade Artística e Cultural e Editais Setoriais. As informações são da Secult-BA.

Festival Internacional de Artistas de Rua da Bahia
Quando:
Dias 04, 05 a 06 de março em Salvador
Dias 08 e 09 em Ilhéus
Dias 11 e 12 em Valença
Dia 13 em Madre de Deus.
Quanto: Grátis
Mais informações: Telefone: (71) 3261.2179

Angelica Cardoso Cardoso

Angelica Cardoso Cardoso Guaxupé MG

respondeu 9 meses atrás

Luciana. Na cidade de São Paulo é legal...e eles aconselham o artista a andar com uma cópia deste decreto...pois nem sempre os ´pliciais conhecem este decreto...

São Paulo - Decreto Municipal

Em 2010, São Paulo padeceu de uma onda de repressão a artistas de rua.  Cientes de seus direitos, denunciaram os abusos, manifestaram-se publicamente e terminaram por atrair a atenção da Prefeitura de São Paulo, que decidiu por um fim à confusão.

Após meses de diálogo, chegou-se a um texto que foi transformado em Decreto Municipal pelo então prefeito Gilberto Kassab.

O Decreto Municipal 52.504, de 19 de julho de 2011, garante a liberdade de expressão artística nos espaços públicos da cidade e também apresenta as responsabilidades de artistas nestes espaços.

Para resumir, os seguintes direitos estão garantidos:

  • apresentar-se em ruas, praças e parques sem a necessidade de licença ou autorização, contanto que permita a circulação de pedestres e veículos;
  • passar o chapéu (receber doações) sem ser tachado de "comércio ilegal";
  • utilizar equipamentos eletrônicos, desde que respeitados os limites de ruído;


É fundamental que tod@ artista que queira se apresentar na cidade de São Paulo imprima e carregue sempre consigo uma cópia deste decreto, uma vez que não é conhecido por todo policial e fiscal da cidade.  Este documento é sua garantia legal.

Dennis Carlotti

Dennis Carlotti São Paulo

respondeu 9 meses atrás

Responda a dúvida de lu

Escreva a sua resposta...
RESPONDER

Fique por dentro das novidades e melhores dicas:




Instagram


Perguntas que os viajantes também leram...

Junte-se a nossa incrível comunidade de +35.000 de viajantes experts do Dubbi.