Diogo Pinho

 Aventura   Nepal

Alguém já fez o Trekking até o Base Camp do Everest?

Se sim:

-Como foi?

-Quanto gastou?

-Contratou qual operadora de trekking?

-Amadores conseguem fazer o percurso?


Valeu, galera!

Meu perfil de viagem: Aventureiro, Mochileiro, Festeiro, Natureza

Responda a dúvida de Diogo

Escreva a sua resposta...
RESPONDER

4 Respostas

Ordenado por:
Vinicyus Vieira

MELHOR RESPOSTA

Vinicyus Vieira

respondeu 1 ano atrás

Oi Diogo, tudo bem? 

Fiz um outro trajeto pelo Himalaia (próximo ao Everest e com altitude similar ao do acampamento base) e acho que posso te ajudar.

Vou responder suas perguntas de baixo pra cima.

- Amadores conseguem fazer o percurso?

Sim. Você não precisa ser alpinista para chegar no acampamento base, mas quanto mais em forma você estiver, melhor. Porque a caminhada é realmente longa e a falta de oxigênio no ar faz cansar muito mais rápido.

-  Contratou qual operadora de trekking?

Bom, se andar pelas ruas de Thamel (bairro central de Kathmandu) encontrará várias agências que organizam a documentação e o trekking para o acampamento base. Mas talvez mais importante do que a agência escolhida seja o guia que vai te levar até o acampamento base.  

Muitos guias trabalham para mais de uma agência ... e alguns, como em todas as profissões desse mundo, trabalham melhor do que outros, certo? Então, talvez seja interessante você conhecer um pouco do seu guia antes de ir, conversar um pouco com ele. Já vi guias que não conseguiam se comunicar com os viajantes porque só falavam nepali e absolumente nada de inglês. Aí complica, né!

O guia não é só o cara que você vai seguir ... mas ele pode te ensinar bastante sobre os lugares que passar. E isso conta bastante para que sua viagem seja sensacional ou mediana.  

E infelizmente não posso te indicar uma agência específica no momento, porque não sei como elas ficaram depois dos terremotos.

- Quanto gastou?

Bom, você não poderá ir para o acampamento base sem um guia. E por isso, terá que pagar também pela comodação e alimentação do guia. Caso precise de alguém para te ajudar com as mochilas (opcional) também terá que pagar pela acomodação e alimentação dele.

Em 2013 ir para o acampamento base com guia e ajudante de mochilas custava em torno de US$1200,00 (talvez um pouco mais, talvez um pouco menos). Nesse valor também já estavam inclusas as passagens de ida e volta para a cidade de Lukla, onde se inicia o trekking. 

- Como foi?

Sensacional e desafiador.  

Espero que tenha ajudado de alguma forma. Grande abraço e boa viagem :) 

 

 



 


Leandro Lacerda

Leandro Lacerda Petrópolis

respondeu 1 ano atrás

Diogo, o everest tem dois bases camps, um no Nepal , face sul, e outro no Tibete . Vou dar o relato de como foi o trekking na face sul do Nepal. É um grande desafio fazer todo esse percurso e acho que sempre é bom fazer um treinamento antes de ir para um trekking nesse nível.

Ou seja, começaria em um trekking mais suave, para acostumar o corpo e até para melhorar sua experiência quando fiz o trekking no everest.

Para chegar ao base camp, você precisa ir para Kathmandu , que é  capital nepalesa, lá você pega um voo para o Lukla Airport . É um voos mais perigosos do mundo, porque o avião passa muito perto das montanhas. Muitas vezes, o aeroporto fecha pelo mau tempo e a aterrisagem fica próximo de montanhas. Então, já nessa parte começa a emoção.

Chegando em Lukla, eu fiz o roteiro que tá nesse link aqui: http://morgadoexpedicoes.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=89&Itemid=85

Em relação a preço, é barato. Acho que em toda a viagem gastei 2 mil reais (tirando passagem aérea do BR, porque já estava próximo da região). O problema mesmo é chegar até lá. Coisas que você precisa colocar na ponta do lápis: seguro saúde (fiz com direito a  helicóptero, porque é o meio mais fácil de lomocação em caso de mal estar), operadora de trekking e alimentação. A operadora de trekking você fecha lá na hora. Tinha um grupo de brasileiros e fechamos junto uma que tinha lá, é sempre bom bater um papo antes com eles e sentir o grau de ajuda.

Tem muita gente q faz o trekking sem auxílio, mas isso é uma tarefa muito difícil cara, porque você terá q carregar uma mochila pesada e não se esqueça do frio de lá. Eu recomendaria você fazer com guia e grupos de 3 ou 4 pessoas, sempre é melhor.

Porque o cansaço físico lá é muito grande, porque nós não estamos acostumados com a temperatura, além do risco do Mal da Montanha.

Então, respondendo sua pergunta: na minha humilde opinião, vai com guia e programe sua viagem para fazer alguns trekkings antes (tenho uma experiência com trekking e você sempre aproveita melhor quando você está preparado fisicamente, senão o exercício deixa de ser prazeroso e se torna cansativo e tenso).

Espero ter ajudado!

Lugares mencionados
  1. Nepal ,
  2. Tibete , , China
  3. Kathmandu , , Centro, Nepal
  4. Lukla Airport , , Lukla, Eastern Region, Nepal
Eduardo Cidade

Eduardo Cidade

respondeu 4 meses atrás

Rapaz, eu fiz tudo sozinho, não paguei guia, sherpa ou agência alguma. Simplesmente comprei um mapa em Kathmandu. 

Também não peguei o voo até Lukla por achar caro demais e, até onde entendi, não o faça se você estiver com pressa pois o avião muitas vezes não pode decolar devido ao tempo e você pode terminar encalhado em Lukla.

De Kathmandu eu peguei um ônibus até Shivalaya, o local longe possível de chegar. E parti caminhando desde lá.

Ida e volta me tomaram 16 dias e gastei cerca de 600 reais (reais e não dólares). Cara, o maior risco é de você se perder na reta final, mas é sempre possível seguir outros viajantes. No início do percusso é praticamente impossível que isso aconteça (não, eu não tenho GPS. Só usei o mapa de  papel). É cansativo, bastante. Diria que o caminho de Shivalaya até Lukla é bem pior do caminho de Lukla até o Base Camp, mas é menos perigoso por ser intensamente povado.

É super barato. Em Shivalaya eu fiquei numa pousada de um real (UM REAL e não um dólar) e mesmo lá em cima, para as bandas dos cinco mil metros, as pousadas seguirão na faixa de 15 reais. Se liga que não há bancos para retirar dinheiro no caminho, somente em Lukla, então calcule bem o que você vai gastar. Eu estoquei cigarros e pílulas purificadoras de água desde Kathmandu. 

Valdir Ramos Filho

Valdir Ramos Filho São Paulo

respondeu 1 ano atrás

Eu recomendaria a empresa brasileira http://www.grade6viagens.com.br/, fiz algumas expedições com eles e são muito profissionais e possuem uma boa estrutura. No site possui o roteiro e valores.

Responda a dúvida de Diogo

Escreva a sua resposta...
RESPONDER

Fique por dentro das novidades e melhores dicas:




Instagram


Perguntas que os viajantes também leram...

Junte-se a nossa incrível comunidade de +35.000 de viajantes experts do Dubbi.