Quem diz que a melhor fase da vida é a infância, é porque nunca foi intercambista.


 Austrália, Brisbane, Oceania  

Muitas pessoas encaram o intercâmbio como uma viagem para aprender uma nova língua, quando na verdade essa decisão é uma das mais importantes na vida da gente. Não apenas por contar com a parte de se mudar durante um tempo, mas pelas partes em que você terá que “nascer de novo”.

Digo nascer de novo, porque você vai conhecer outra cultura e em muitas coisas terá que se adaptar a esta nova cultura, que em muitos casos não foge do básico, mas que nós brasileiros não estamos acostumados a seguir 100% dessas regras que são impostas em um país de primeiro mundo como não jogar realmente lixo no chão, não atravessar fora da faixa, não beber em público, pois qualquer pisada fora da cerca pode te render uma multa e/ou quem sabe te levar a julgamento por estar fora da lei.

Algumas coisas parecem absurdas, mas acredito que por isso seja um país considerado primeiro mundo e seja visto como exemplo por diversos países no mundo.

Quando decidi morar em Brisbane, na Austrália, eu ainda era um garoto novo de apenas 19 anos e que nunca havia vivido fora da zona de conforto que nossos pais e amigos nos dão. Tudo é fácil, cômodo, sabemos onde encontrar o que precisamos, mesmo que nos falte condições, temos pessoas para nos apoiar seja financeiramente, emocionalmente, pessoalmente, profissionalmente e não é o que acontece quando você está longe de tudo e todos.

Fiz 3 meses de inglês particular, além do pouco que aprendemos na escola, para tentar enfrentar o primeiro impacto de chegar em um novo país.. o que é uma falsa ilusão rs. Não conseguia entender um “A” que diziam a mim e tudo isso porque tudo na vida existe a teoria e a prática né? Ou seja, o nervosismo, as dificuldades estão presentes na parte prática. Depois que desembarquei e passei pela imigração, ai sim tudo era maravilhoso.

Desde o espanto ao achar que um cachorro dirigia um carro (pois o volante é na direita, assim como no Japão), até chegar a minha nova casa. Uma visão linda, surpreendente, que nos faz esquecer todas as dificuldades que iremos passar e começava ali mesmo com o fuso-horário, afinal, 12 horas de diferença é realmente uma GRANDE diferença haha.

Tudo que você necessita pra sobreviver, vem com dificuldades em todos os sentidos.. Aonde comprar, o que comprar, como me comunicar pra pagar e responder ao simples questionamento como “você teria 10 centavos pra ajudar no troco?” rs, como me locomover até lá, como voltar pra casa pois ainda não decorei o caminho e assim no dia a dia te fazendo entender que não é nada fácil, mas que descobrir tudo aquilo sozinho, assim como lavar suas roupas, fazer sua comida, procurar emprego, fazer novos amigos é realmente fascinante e que nos traz uma satisfação de objetivo cumprido enorme.

Dennis Carlotti adicionou foto de Austrália,Brisbane,Oceania Foto 1Dennis Carlotti adicionou foto de Austrália,Brisbane,Oceania Foto 2

Todas as fases eu tirei de letra, mas o que realmente foi difícil era lidar com a falta dos amigos e parentes. A cada despedida de alguém que convivia comigo fazia com que eu visse que lá, meus amigos eram temporários e que a afinidade nem era tanta assim a ponto de você pensar neles todos os dias, afinal, amanhã, chegaria uma nova turma e com ela, traria novos amigos, novas aventuras, novas conversas, novas festas (que são constantes) e o descobrimento de novos hábitos e culturas.



Dividir casa com gringo é um problema complicado, não saber fazer arroz e feijão também (acreditem rs), mas o aprendizado e o amadurecimento que você ganha no dia a dia, valem MUITO mais do que todas as dificuldades que enfrentei. O olhar sobre outro modo de viver, onde se tem qualidade de vida, saúde, segurança, te fazem repensar milhões de coisas e criar o sentimento e o desejo de querer viver ali pra sempre de um lado, mas fazendo com que você coloque na balança a falta da sua família e amigos de outro.



Pra matar a saudade não é fácil, afinal são 24/36 horas de voo e qualquer coisa que aconteça por aqui, eu não poderia estar presente no outro dia e eu sei bem o que é isso, afinal perdi minha avó, que era minha segunda mãe quando estava morando lá, além de que deixamos de acompanhar muitas coisas e muitas pessoas de perto, o que nos afasta um pouco. Por ali, morei 1 ano, e desde que voltei em 2010 digo a todos que um dia eu voltaria pra lá de vez, ou pelo menos pra passar mais uns 10 anos e desde então, a quase 6 anos vim equilibrando essa balança e hoje com a decisão tomada e com papéis assinados, a hora está chegando.

- - - -

Se você curtiu esse texto, ficaria extremamente feliz se pudesse dar um nele aí embaixo ou compartilhar com seus amigos!

COMENTÁRIOS:

Viviane Carlotti

Viviane Carlotti comentou 8 meses atrás

inspirador <3

Klaus Kriegler

Klaus Kriegler comentou 8 meses atrás

Doidera! Busco esse tipo de experiência primeiramente, e aprender inglês como uma consequência disso.

Katy Curvelo

Katy Curvelo comentou 7 meses atrás

Maravilhoso!!!!

Mariana Reis

Mariana Reis comentou 7 meses atrás

Dennis eu estou em êxtase com suas palavras e eu queria saber ( não sei se cabe fazer isso por aqui, mas é o jeito) como foi seu planejamento para ir, onde conseguiu moradia e tudo mais, porque eu quero muito passar um tempo na Austrália, mas não sei por onde começar a me organizar. Seria possível uma ajuda ? kkk

Ana Fagundes

Ana Fagundes comentou 7 meses atrás

Demais!!! Estou indo pra Brisbane agora em setembro/2016 pra um intercâmbio de 6 meses! É muuuito bom saber da experiêcia de pessoas que já foram! Sorte pra ti na próxima viagem ;)

Maria José Assunção

Maria José Assunção comentou 7 meses atrás

Dennis sua história de vida é fantástica. Também amo viajar e estou de passagens compradas para Europa!

Dennis Carlotti

Dennis Carlotti comentou 7 meses atrás

Obrigado pelos comentários a todos.. fico feliz de ler que realmente gostaram, se interessaram =)

Danillo Gabriel

Danillo Gabriel comentou 6 meses atrás

PArabéns, gostei muito do relato! E boa sorte na próxima ida!! Abraço

Claudio Tavares

Claudio Tavares comentou 6 meses atrás

Que texto incrível, impressionante como você tem facilidade com esse assunto de viagem.. parabéns!

Jeannie Klein

Jeannie Klein comentou 5 meses atrás

Espero que vc crie um blog para dividir esta experiência que vai passar agora na Austrália! ;)

Marina Rodrigues

Marina Rodrigues comentou 1 mês atrás

Parabéns Dennis!! Emocionante história.. Meu sonho é fazer intercâmbio, quero ir para Brisbane trabalhar e estudar, pode contar pra gente por onde fechou o intercâmbio, dicas essenciais..

Dennis Carlotti

Dennis Carlotti comentou 1 mês atrás

Marina, me mande um e-mail (denis_carlotti@hotmail.com) ou me ache no face Dennis Carlotti, assim posso te explicar melhor =)


Fique por dentro das novidades e melhores dicas:




Instagram


Viajantes também leram:

SUA VIAGEM COMEÇA AQUI

Dubbi é um novo espaço para pessoas incríveis que amam viajar possam interagir, se ajudar e compartilhar suas histórias e dicas de viagem.

Junte-se a nossa incrível comunidade de +35.000 de viajantes experts do Dubbi.