Frio na barriga: a primeira viagem com minha namorada


 Costa Oeste, EUA  

Dizem que a primeira vez a gente nunca esquece. É verdade. Mas a máxima é apenas um dos motivos pelos quais lembrarei com muito carinho da minha viagem pela costa oeste dos Estados Unidos.

Não sou daqueles que querem conhecer o mundo, mas a costa oeste dos EUA é um dos lugares que sempre quis ir. Sou da opinião que qualquer viagem pode ser excelente, depende mais da gente do que do local em si.

E não é que minha aventura pela costa norte-americana conseguiu reunir tudo isso?

A começar pelo mais importante, a companhia. Foi minha primeira grande viagem com minha namorada, tanto em termo de dias quanto de quilômetros percorridos. Estávamos só há quatro meses juntos. Até por isso, viajei com um pouquinho daquele frio na barriga. Será que a gente ia mesmo se dar bem?

Eu fui antes, a trabalho, para cobrir o UFC 187, em Las Vegas. A Bruna, minha namorada, chegou uma semana depois, logo após a derrota de Vitor Belfort para Chris Weidman. Encerradas as tarefas, era hora da diversão.

Começamos o roteiro pela Cidade do Pecado. Não se engane pelos filmes! Las Vegas pode, sim, ser uma cidade romântica. É claro que você pode ir para encher a cara e curtir as baladas. Mas tem muito o que fazer em casal. Como terminar a noite em um restaurante italiano, ao som da Tarantella e com as gôndolas venezianas ao fundo.

No segundo dia, alugamos um carro e colocamos o pé na estrada. De Vegas, fomos para o Parque Nacional de Yosemite, muitas vezes esquecido em roteiros. Não antes de passar pelo Death Valley, é claro. Foi no Vale da Morte que as paisagens de tirar o fôlego começaram a aparecer. Clima seco, sol de rachar e um horizonte belíssimo.

O Parque é de tirar o fôlego. Começa com a neve das montanhas mais altas - para quem estava com os 40º do Death Valley, nem poderíamos imaginar que veríamos neve! – e passa por paisagens exuberantes, com lagos, rios e cachoeiras por todo lado.

Ficou o gostinho de quero mais, mas era hora de ir para San Francisco – na verdade ficamos em Oakland, uma cidade vizinha e com preços mais atraentes para quem está de carro. Impossível não se apaixonar pela Golden Gate – ainda mais tomando um sorvete em ótima companhia.

De San Francisco a Los Angeles, foram dois dias de viagem. O caminho pela rodovia é estrategicamente preparado para que você perca o fôlego. É muito fácil parar o carro em qualquer lugar. Era hora de tirar foto e dar aquele beijo na namorada.

Igor Resende adicionou foto de  Foto 1

Los Angeles sempre foi a cidade que mais quis conhecer – terra do Los Angeles Lakers, um dos maiores times de basquete, e eu sou apaixonado por esportes. Mas a casa dos Lakers curiosamente foi o local que menos curti. Talvez por ser um pouco menos romântico que os outros, confesso.

A Cidade dos Anjos é muito grande, com bairros muito diferentes entre si. Das casas chiques de Beverly Hills à belíssima praia de Santa Mônica, às vezes a gente nem sabia direito o que fazer. Acabamos nos roteiros obrigatórios, como Calçada da Fama e letreiro de Hollywood.

A sensação era de que a viagem estava cada vez mais perto do fim. Afinal, já tínhamos que voltar para Vegas. Mas o caminho teve direito ainda ao mais belo pôr do sol que já vi, abraçado em meio ao deserto de Mojave.

O último dia de viagem foi para contemplar a enormidade do mundo em pleno Grand Canyon. Logo após conhecer também a represa de Hoover Dam, é claro – namorar uma engenheira civil é também saber apreciar as belezas naturais criadas pelo homem, afinal!

O incrível da costa oeste é que ela pode se transformar em várias viagens. Cada um faz do seu jeito. Dá para perder o dia nas praias ou as noites em bares e baladas. Dá até para fazer passeios nerds – não se esqueça que Palo Alto, casa do Google e da Apple e meca dos nerds, é por lá.

A nossa foi mais romântica e teve momentos a serem lembrados para sempre. Me senti realizado ao conhecer o local que sempre quis. Ao lado da minha namorada, fui ainda mais feliz. E lembra daquele frio na barriga do começo do texto? Ele nunca mais vai voltar, depois de tantos dias em que o sorriso jamais deixou de nos acompanhar!

- - - -

Se você curtiu esse texto, ficaria extremamente feliz se pudesse dar um nele aí embaixo ou compartilhar com seus amigos!

COMENTÁRIOS:


Fique por dentro das novidades e melhores dicas:




Instagram


Viajantes também leram:

SUA VIAGEM COMEÇA AQUI

Dubbi é um novo espaço para pessoas incríveis que amam viajar possam interagir, se ajudar e compartilhar suas histórias e dicas de viagem.

Junte-se a nossa incrível comunidade de +35.000 de viajantes experts do Dubbi.