Mochilão na Colômbia junta natureza, história e vistas incríveis


 Colômbia    1195 visualizações

Depois de conseguir desvincular sua imagem com o tráfico de drogas, a Colômbia aumentou muito o seu turismo. O país tem atraído diversos mochileiros que desejam explorar a América do Sul e os brasileiros estão entre os mais interessados no destino. Essa relação Brasil-Colômbia só aumentou depois da tragédia com o avião do time da Chapecoense. O carinho e apoio que os moradores de Medellín, e o povo colombiano como um todo, prestaram é algo que palavras não conseguem descrever. 

Para os interessados em um mochilão na Colômbia, o Dubbi separou algumas dicas e sugestões, baseadas em um roteiro de oito dias.

BOGOTÁ (três dias)

DUBBI  adicionou foto de Colômbia Foto 1

O mochilão na Colômbia começa aqui. É a cidade com mais opções de voos saindo do Brasil.

Onde comer em Botogá
A dica é explorar a culinária local, para isso a viajante Marcela Fontes, de Niterói, recomenda comer fora da Zona T, que é a região dos principais barzinhos de Bogotá.

Entre os pratos locais destaca-se o tamal, uma massa de milho cozida a vapor ou fervida em um invólucro. Essa massa tem recheio de carne, queijo ou legumes.

Outra opção é o lechona, um prato com carne de porco, ervilhas, cebola e arroz. Fazer um mochilão na Colômbia é jogar-se na experiência de um morador. 

DUBBI  adicionou foto de Colômbia Foto 2

Foto: Divulgação/Shutterstock

O que visitar durante o mochilão na Colômbia
O Andrés DC é uma ótima dica para o seu mochilão na Colômbia. Ele é especial por reunir um ambiente misto, composto de bar, balada, apresentações, teatro e muito mais. 

É um dos lugares mais disputados na vida noturna de Bogotá. Está localizado na Zona Rosa, no Centro Comercial El Retiro, sendo a entrada pela Plazoleta da Calle 81.

Outra dica para o mochilão na Colômbia é a Catedral de Sal de Zipaquirá, a 50 km da capital. Trata-se de uma construção subterrânea no interior das minas de sal.

Para chegar até Zipaquirá não deixe de usar o transporte local, tem um preço bem mais em conta do que as agências de turismo, além de ser de fácil utilização.

Onde dormir
Não faltam opções de hospedagem em Botogá. O centro acaba sendo o mais indicado por estar próximo de tudo. Nele você encontra a Pousada Abadia Colonial, referência aos viajantes, com bons preços e ótimas acomodações.

MEDELLÍN (três dias)

DUBBI  adicionou foto de Colômbia Foto 3

Foto: Divulgação/Shutterstock

Dando sequência ao roteiro de mochilão na Colômbia, hora de falar de Medellín. Essa região é lembrada pelos tempos em que foi centro do cartel de drogas do famoso traficante Pablo Escobar. Mas agora o narcotráfico, pelo menos da maneira como existia antes, foi superado. 

Com isso, a cidade passou por grandes mudanças. Uma delas se destacou no mundo inteiro: a infraestrutura moderna de transporte, que ganhou diversos prêmios globais de inovação.

Um bom exemplo é o Metrocable Medellín. Ele é teleférico que conecta o metrô às regiões mais altas e periféricas da cidade, usado tanto pelos moradores, como também pelos turistas. A vista de cima da montanha é sensacional.

Dessa forma, aos poucos Medellín foi crescendo como polo turístico, e hoje qualquer roteiro de mochilão na Colômbia precisa contemplar a cidade. 

O que visitar
A Plaza Botero é uma dica para quem ama arte. Ela reúne dezenas de estátuas gigantes e assimétricas do artista local Fernando Botero. Na frente, você encontra outra opção, o Museu Antioquia.

A dica para um bom mochilão na Colômbia é explorar a natureza, afinal, a região é marcada por essas características. Para isso indicamos mais uma opção que é o Parque Explora, no qual é possível visitar o maior aquário de água doce do mundo.

Mas o ápice é a Piedra del Peñol, um dos lugares mais visitados da região. Ele é um morro de 2 mil metros de altura com vista para a Laguna de Guatapé, na cidade vizinha de Guatapé, a 40 minutos de carro de Medellín. Avista-se o horizonte e mais um pouco lá de cima. Para subir, 650 degraus. Vai ser cansativo, você vai precisar fazer algumas paradas pelo caminho, mas valerá (e muito) a pena. Quem disse que seria só moleza no mochilão na Colômbia?

DUBBI  adicionou foto de Colômbia Foto 4

Vista a partir da pedra. 

DUBBI  adicionou foto de Colômbia Foto 5

A Piedra del Peñol. Foto: Divulgação/Shutterstock

CARTAGENA (dois dias)

A cidade de Cartagena é considerada um destino caro, mas é possível encontrar opções em conta durante seu mochilão pela ColômbiaÉ um lugar completamente paradisíaco.

O que visitar
As praias Barú e Playa Blanca são as principais sugestões. Elas são compostas de areias brancas e águas cristalinas. Além disso, você não pode deixar de assistir ao pôr do sol.

Mais distante, a cerca de seis horas, está o Parque Nacional Tayrona, já no município de Santa Marta. É um verdadeiro paraíso preservado no caribe colombiano. 

DUBBI  adicionou foto de Colômbia Foto 6

Onde dormir
As redes hoteleiras de Cartagena podem ser encontradas na região de Bocagrande. A Cidade Murada é outra opção, indicada para quem procura algo mais alternativo.

Fora da Cidade Murada também é possível encontrar opções para se hospedar, um pouco mais em conta, mas é necessário ter cuidado, pois a região é mais deserta e não tão segura.  

Quer mais dicas para um mochilão na Colômbia. Clique aqui.

- - - -

Se você curtiu esse texto, ficaria extremamente feliz se pudesse dar um nele aí embaixo ou compartilhar com seus amigos!

COMENTÁRIOS:


Fique por dentro das novidades e melhores dicas:



Viajantes também leram:

SUA VIAGEM COMEÇA AQUI

Dubbi é um novo espaço para pessoas incríveis que amam viajar possam interagir, se ajudar e compartilhar suas histórias e dicas de viagem.

Junte-se a nossa incrível comunidade de +35.000 de viajantes experts do Dubbi.