Como fiz o meu primeiro mochilão aos 60 anos


 Aventura    721619 visualizações

Dizem que mochilão é coisa de jovens que decidem pegar a estrada e desbravar o mundo, certo? Pois a minha primeira oportunidade de colocar uma mochila nas costas e sair por aí surgiu quando completei 60 anos.  E não pensei duas vezes. Embarquei e descobri que sair por aí é uma das melhores coisas da vida. Agora o difícil é me convencer a parar.

  Oldwoman Passing By  adicionou foto de  Foto 1

Como tudo começou...

 

Sabe por que fiz um mochilão e não uma viagem convencional, contratada em agências de viagem? Por duas coisas. Primeiro porque tenho medo de avião ou seja, se é para atravessar um oceano ou um continente, quero ficar tempo o suficiente no lugar para retardar ao máximo o voo da volta. Em segundo lugar, porque não tenho grana para ficar longos períodos pagando hotéis caros, cruzeiros, idas a shoppings e shows famosos.

 

Então precisei encontrar alternativas: decidi viajar sozinha e sem programação fechada, dia certo para chegar, horário para acordar, correria e passeios que nem me interessam. Acabei descobrindo que o espírito de mochilar tem muito mais a ver comigo, com a possibilidade de fazer tudo no meu ritmo. Se gosto, fico; se não me agrada, sigo adiante.

 

A inspiração para essa mudança de vida surgiu com a minha filha, que largou emprego e partiu para conhecer a América Latina. Pensei, por que não faço isso também? Sabia que queria visitar a Europa e viajar por cerca de quatro meses. Alguns cliques no Google ajudaram a estabelecer o orçamento. Daí a comprar as passagens foi um pulo. E, quando vi, já estava lá.

 

Meu roteiro

 

Minha viagem começou na Itália, com visitas a Roma, algumas cidades da Toscana, Milão, Gênova, Sardenha, Costa Amalfitana e Cinque Terre. Depois, fiz um trecho da França, quando conheci Nice, Cannes, Marselha, Arles, Avignon, Paris, Rouen e Calais. Atravessei, então, o Canal da Mancha de barco (como faziam os Três Mosqueteiros) e entrei na Inglaterra pelo porto de Dover.

Oldwoman Passing By  adicionou foto de  Foto 2


Conheci Londres e algumas pequenas cidades, mais Edimburgo e o Lago Ness, na Escócia (ainda tinha esperanças de ver o monstro). Depois, Moscou e São Petersburgo. No ano seguinte, estive no Irã, Suíça, Bélgica e Holanda. Na terceira viagem, conheci Berlim e decidi voltar à Itália. No ano passado, passei alguns meses nos Estados Unidos.

  Oldwoman Passing By  adicionou foto de  Foto 3

 

E o que aprendi?


Se eu decidisse conhecer todos esses lugares contratando pacotes de agências de viagens, provavelmente o preço seria muito superior ao que eu poderia gastar. Viajando do meu jeito, consigo economizar no preço das passagens e nos alojamentos: procuro sempre hostels, b&b (quando pessoas alugam quartos de suas casas para turistas) ou hotéis, sempre nessa ordem, levando em conta custo, localização e críticas de quem já se hospedou ali antes. Acesso à internet, portanto, é fundamental.

 

Para ser sincera, em nenhum momento senti que ter mais de 60 anos fosse um problema. Na Europa, pelo menos, é muito comum pessoas com essa idade viajarem sozinhas. Principalmente pela facilidade do transporte, que geralmente são confortáveis, razoavelmente pontuais e seguros.

 

Pena que não temos isso no Brasil. Mas isso não me impediu de também sair por aqui. Já arrastei minha mala pelas cidades históricas de Minas Gerais, conheci as praias de Salvador e do Rio de Janeiro, andei pelas ruas de Paraty e vi as cataratas de Foz do Iguaçu. O país tem diversas belezas naturais e muitas coisas para fazer —não só para os jovens, mas para pessoas de qualquer idade.   


Por Iracema Genecco

- - - -

Se você curtiu esse texto, ficaria extremamente feliz se pudesse dar um nele aí embaixo ou compartilhar com seus amigos!

COMENTÁRIOS:

Mauro Dowd

Mauro Dowd comentou 1 ano atrás

Linda história, parabéns Iracema!!

Ricardo Carvalho

Ricardo Carvalho comentou 1 ano atrás

Parabéns Iracema ! Que vc nunca perca este espirito de viajante ! (é verdade, na europa reparei muitos casais de 70 a 80 anos viajando numa boa e dizendo que já faziam isso a anos. isso sim é aproveitar a vida :) )

Caio Martins

Caio Martins comentou 1 ano atrás

Iracema, parabéns pela história, muito bacana mesmo!!

Wania Pontes Maramaldo

Wania Pontes Maramaldo comentou 1 ano atrás

é assim que pretendo aproveitar a vida em breve...vc me servirá de inspiração.

Maria Odette Niemeyer

Maria Odette Niemeyer comentou 1 ano atrás

Gostei muito! Tenho 64 e há mais de 10 anos faço o mesmo. Considero a melhor maneira de aprender, mas entendo que é uma questão muito pessoa; excelente para mim, nem tento para muitas amigas minhas.

Elaine Moraes

Elaine Moraes comentou 1 ano atrás

Parabens Iracema!Concordo com todos aqui!Linda história!

Ana Claudia

Ana Claudia comentou 1 ano atrás

Nossa adorei ler sua história tô querendo aventurar em uma viagem assim mis preciso saber por onde começar e o dinheiro e fundamental

Anderson Totta Guimarães

Anderson Totta Guimarães comentou 1 ano atrás

Parabéns pela iniciativa. Antes a qualquer hora do que nunca.

Viviane Oliveira

Viviane Oliveira comentou 1 ano atrás

Parabens, realmente ainda tenho medo por nao dominar muito a língua inglesa, tao necessária para se viajar, entao sempre escolho países com facilidade de lingua(português e espanhol) ou tenho que depender de alguém pra me ajudar a entender...ate que falar eu me viro bem.

Carla Lamenha

Carla Lamenha comentou 1 ano atrás

Parabéns!!!! Comecei a viajar para o exterior depois dos 45. Apesar de não ser mochilão, sempre organizei meu roteiro e contratei tudo, buscando hospedagem barata e confortável. Até hoje viajo dessa forma, seja com minhas filhas ou com meu namorado. Pacotes são muito chatos, caros e com horários rígidos.

janice  cavion

janice cavion comentou 1 ano atrás

ola tambem pretendemos eu e meu marido fazer varios mochiloes , nosso filho vendeu tudo e neste momento esta viajando pela america do sul, visite Viajar Intenso, muito legal parabens , estou louca para ir mas ainda falta alguns detalhes, boa sorte

Tânia Barreira

Tânia Barreira comentou 1 ano atrás

Parabéns Iracema, é optimo "ouvir" testemunhos assim!! :)

Katia Cavalcante

Katia Cavalcante comentou 1 ano atrás

Vc é poderosa hein garotinha???????????????????? ????

Sheila Montenegro

Sheila Montenegro comentou 1 ano atrás

Amei!!!! Também prefiro fazer meu próprio roteiro com as coisas que realmente me interessam.

Roseli F. de Mello

Roseli F. de Mello comentou 1 ano atrás

Parabéns bela iniciativa!!!

Andrêzza Castro

Andrêzza Castro comentou 11 meses atrás

Que bacana! ! Parabéns! ! Eu, aos 36 me achava velha pra sair. Mas, depois, pensei. Tenho disposição e vitalidade e sou comunicativa, o que me impede? Nada! Então, também já comecei o meu desde maio. Vamos mochilando por esse Brasilzão a fora! Linda história!

Bebel Dauer

Bebel Dauer comentou 11 meses atrás

Puxa, estou com 57 e minha primeira viagem só, fora do Br foi para Colômbia, mais precisamente Cartagena. Mesmo minha filha se juntando a mim, depois, foi incrível! Você me deu mais coragem ainda. A próxima já está comprada e será para o Peru (Machu Picchu), também sozinha. As próximas? Só Deus sabe!! Bora viajar que não tem nada melhor na vida :)

Priscila Mattos

Priscila Mattos comentou 10 meses atrás

Puxa! Parabéns! :)

Jéssica Lourenzo

Jéssica Lourenzo comentou 9 meses atrás

Mulheeeeeer, como assim 60 anos?! Me passe o segredo ... Tá com tudo, parabéns! E nunca é tarde para começar - seja um mochilão, uma faculdade, um estilo de vida ... MUITA ADMIRAÇÃO POR VOCÊ! Sensacional!!! Vou até mostrar sua publicação p/ minha mãe p/ ver se ajuda no incentivo! hehe Abraço (dos grandes!) e vida longa - de muitas e muitas viagens! :)

Fermina Escobar Saldanha

Fermina Escobar Saldanha comentou 8 meses atrás

Oie por favor me add, quero conversar a respeito, já viajei a alguns lugares do mundo e quase todo o Brasil, gostariA de trocar ideias e aventuras contigo. Meu e-mail fesal@terra.com.br. Um abraço.

tania maia

tania maia comentou 8 meses atrás

Gosto disso e embarquei nessa!!

Leila  Sá Peixoto

Leila Sá Peixoto comentou 8 meses atrás

Estou tomando coragem!!!!!!! Passei dos 60 e só viajei acompanhada. Mas agora quero ir só! Começo por Portugal. Daí terei mais coragem, o inglês é razoável...

Relatos de Viagem  - Laís

Relatos de Viagem - Laís comentou 6 meses atrás

Demais!!

Roberta Borges

Roberta Borges comentou 6 meses atrás

Demais seu texto! Muito inspirador. Parabéns pela atitude!!

Marco Sintra

Marco Sintra comentou 5 meses atrás

Adorei sua história!! SENSACIONAL!

Claudia Ferreira

Claudia Ferreira comentou 5 meses atrás

Que lindaaa... Adorei isso. Quero fazer um mochilão ano que vem... Parabéns

Margarida Terra

Margarida Terra comentou 5 meses atrás

Que Alegria conhecer a história de vocês pois sou uma Semhora sem destino sem com M sem hora p partir sem hora p comer sem hora p passear siga me no meu Instagram estou rodando o mundo só eu e Deus estilo mochilas me aposentei aos 60 há 1 ano viajando ficando hostess aventuras pego ônibus trem fui à Ásia Europa Estados Unidos continuo...bjs

Oldwoman Passing By

Oldwoman Passing By  comentou 5 meses atrás

Oi, pessoal: nooossa, obrigada. Surpresa com a quantidade de coments e com as mensagens positivas que vocês deixaram. Estou na estrada de novo, desde março/2016, do meu jeito, tentando economizar para estender a viagem ao máximo. Dou a maior força pra quem já começou, vai começar ou está sonhando com isso. Uma dica: não é só charme e fotos no Facebook. Tem momentos de perrengue, encrencas, situações difíceis. Mas, eu olho para trás e gosto de ver que vou aprendendo a lidar. Boas viagens para todos!

LEIDA PEREIRA CHUN

LEIDA PEREIRA CHUN comentou 5 meses atrás

Nossa...depois de ver sua coragem eu me animei. Estou com projeto de viajar sozinha qdo fizer 60 anos. Quero aprender idiomas com os nativos do País, e estava com receio. Vcê tem alguma experiência desagradável por não saber o idioma?

Oldwoman Passing By

Oldwoman Passing By  comentou 5 meses atrás

Oi, Leida. Não, tenho apenas situações hilárias, pequenos constrangimentos, não entender, sotaque engraçado, usar as palavras erradas, essas coisas. Nada que uma criança que está aprendendo a falar não tire de letra. Quando vi chineses viajando sozinhos com um dicionário e mal conseguindo repetir o nome do lugar para onde queriam ir, tive a certeza de que dá pra viajar para qualquer lugar sem saber falar a língua. Aliás, foi assim que os primeiros viajantes fizeram...

Analuiza Carvalho (Espiando Pelo Mundo)

Analuiza Carvalho (Espiando Pelo Mundo) comentou 5 meses atrás

Te admiro!!!!!!!!!

Flavia de Andrade

Flavia de Andrade comentou 5 meses atrás

Gostei muito.....espero conseguir fazer fazer isso um dia....obrigada pela força que me deu a que dá para muitas pessoas.

David Andrade

David Andrade comentou 5 meses atrás

Inspirador!! :)

Maria Valquíria Da Hora

Maria Valquíria Da Hora comentou 4 meses atrás

Legal, depois de ler sua história a minha vontade de sair pelo mundo me deixou mais animada, obrigada pelas dicas. Um super abraço

Marcos Arata

Marcos Arata comentou 4 meses atrás

Iracema, queremos mais textos! ;-)

Dolores Fontán

Dolores Fontán comentou 4 meses atrás

Adoro viajar sozinha e também já aprendi a fazer meus próprios pacotes com preços acessíveis. Adorei seu texto. Excelente próxima viagem.

maria helena silva alves

maria helena silva alves comentou 4 meses atrás

Você acaba de ganhar uma fã!!!! Compartilho com você o medo de avião, mas estou trabalhando pra que isso não me impeça de fazer o que mais gosto! Parabéns e muitas viagens!!!!

Elimar Soares

Elimar Soares comentou 4 meses atrás

Adorei! Sensacional! Eu viajo sozinha há muitos anos. Nem sempre minhas férias ou condições financeiras e roteiros coincidem com outras pessoas. Então decidi fazer o que gosto. E me senti mais independente e dona de mim. Minha preferência é conhecer o Brasil. Amo conhecer nosso povo, sua cultura , culinária. Viajo também por agências, mas antes pesquiso na Internet e traço meus roteiros para conhecer as cidades a pé. Só sinto que conheço de fato um local se andar sozinha , ,mesmo que seja só 1 dia. É uma experiência incrível andar sem pressa, vagar pelas ruas. Nunca fiz mochilão, mas já estou gostando da ideia. Parabéns e boas mochiladas !

Verônica Drapischinki

Verônica Drapischinki comentou 4 meses atrás

Adorei seu texto. Gosto de viajar sozinha também e nunca tive problemas. Os pacotes nos engessam, e em alguns lugares só podemos ficar pouco tempo e queremos mais. Quando fui a Europa, fui com passagem de ida e volta, chegava nas estações de trem, metro ou rodoviária e escolhia a cidade que tinha mais opções de horários, conheci lugares fora do roteiro normal dos turista e amei cada lugar. Que venham mais aveturas.

Roberta Fernandes

Roberta Fernandes comentou 4 meses atrás

Sensacional <3 Tô mostrando pra mamis pra ver se ela anima hehehe :)

Marília Caseiro

Marília Caseiro comentou 4 meses atrás

Iracema, apoio integralmente!!! Passei minha vida trabalhando e cuidando de filhos e da família. Eu me aposentei há um ano e meio e resolvi que vou viajar todos os anos. No ano passado fui para o Canadá; neste, estou me preparando pra ir a Portugal!!! vajei algumas vezes, nas férias, pelo nordeste, sozinha, então, já estou acostumada....viajar pra fora do Brasil, comigo só é muito bom!!!

Celso  Lobo

Celso Lobo comentou 4 meses atrás

Que belo relato! E que você não pare, o mundo todo está aos seus pés e pronto para compartilhar experiências =)

Cesar Pinheiro

Cesar Pinheiro comentou 4 meses atrás

Vou fazer 64 em dezembro deste ano. Viajei algumas vezes para fora do Brasil, mas me aposentei há somente um ano e estava aqui pensando: vou ou não vou viajar mais. O seu relato desequilibrou a balança: agora a questão é: vou para aonde?

Oldwoman Passing By

Oldwoman Passing By  comentou 4 meses atrás

Oi, viajantes: passo seguido por aqui para ler seus comentários que me inspiram mais do que vocês possam imaginar. Estou viajando de novo, desde março/2016, não consigo agradecer a cada um - como gostaria - por isso, deixo aqui um grande abraço.

Anna Márcia

Anna Márcia comentou 3 meses atrás

Adorei sua estória! Tenho viajado sozinha pelo Brasil, mas está nos meus planos a Europa também. Não cheguei ainda nos 60 mas falta pouco, bom saber que isso nao será empecilho!

Juliana Alexandre

Juliana Alexandre comentou 1 mês atrás

Nunca é tarde para o espírito aventureiro, show de decisão...tens minha admiração!!!

Dirceu Romani

Dirceu Romani comentou 1 mês atrás

Parabéns, estarei fazendo o mesmo no mês que vem, rumo ao Sudeste Asiático (aos 63)

Maria Luisa Albuquerque

Maria Luisa Albuquerque comentou 1 mês atrás

Adorei sua coragem e narrativa, parabéns.

Bruna Lyrio

Bruna Lyrio comentou 1 mês atrás

Aaainnnn quanto amor por você, mesmo sem conhecer! ?????

Clarice Dias Pereira

Clarice Dias Pereira comentou 1 mês atrás

Parabéns Iracema! Comecei a viajar com minhas filhas, ora com uma ora com a outra, mas nem sempre é possível combinar férias, dinheiro e outros compromissos. Então criei coragem, peguei meu passaporte e vi que viajar sozinha é uma questão de temperamento e coragem de enfrentar o desconhecido. Pude observar que para eu curtir as viagens, não preciso estar acompanhada pois sempre há alguém para conversar, trocar ideias e obter informações. Estou com 60 anos e viajo sozinha ha algum tempo. Aconselho os menos corajosos a experimentarem..... vai dar certo!

Crislaine Refatti

Crislaine Refatti comentou 1 mês atrás

Parabéns!! E espero que continue com suas viagens pelo mundo por muitos e muitos anos ainda!!! Amo viajar e não tem nada mais enriquecedor que conhecer novas culturas e pessoas!!!

Maria Cristina Amaral

Maria Cristina Amaral comentou 1 mês atrás

Muito bom! Tenho 57 e sonho em fazer o mesmo. Foi um grande incentivo ler seu depoimento. Ir sozinha é um desafio.

Marcia Andrade

Marcia Andrade comentou 1 mês atrás

Meu primeiro mochilão foi aos 48 anos. Amei e também não parei mais. Fiz outras viagens com amigas, mas estou pensando em uma nova aventura com a minha cia e aproveitar para fazer novos amigos. ????

Suzana Alencar

Suzana Alencar comentou 1 mês atrás

admiro a coragem tambem quero fazer isso pelo meu país

Emerson Dantas

Emerson Dantas comentou 1 mês atrás

boa história, não há idade para viajar.

Elza Costa

Elza Costa comentou 1 mês atrás

Eu adoro viajar esse texto só contribui com meus planos...

Stefania Mangabeira

Stefania Mangabeira comentou 1 mês atrás

É isso aí. Viajei com meu esposo durante 35 dias pela Europa no último verão e foi maravilhoso. Se tivéssemos ido de excursão o dinheiro só daria para uns 15 dias. Parabéns por seu relato. É um estímulo para outras pessoas.

Jordana Barbieri

Jordana Barbieri comentou 1 mês atrás

Parabéns Iracema, continue inspirando jovens viajantes como eu!

Fábio

Fábio  comentou 1 mês atrás

Adorei sua história. Parabéns.

Liliana Xavier

Liliana Xavier comentou 1 mês atrás

Estou indo agora em Dezembro para Roma, Verona, Veneza, Barcelona e Madri. Vc tem algumas dicas boas pra me dar? Poderia me indicar HOSTEL em Barcelona e Madri?

sheila Garcia

sheila Garcia comentou 1 mês atrás

Comecei o meu 1 mochilão aos 47. Já foram 11 anos e continuo associando cursos e viagem. Espero q aponsentadoria para fazer um sem data de voltar. Sem dúvida na Europa Ocidental é mais fácil é comum. Só não tenho coragem de ir para alguma balada sozinha.

Cellio Mendes

Cellio Mendes comentou 1 mês atrás

Parabens! :)

Vanessa Maria

Vanessa Maria comentou 1 mês atrás

Fico feliz de ler isto. Me encoraja a acreditar que meu dia para fazer isto em breve chegará também. Parabéns pela coragem e atitude

Elisabete Lopes

Elisabete Lopes comentou 1 mês atrás

Nossa, adorei isso. Quero muito viajar mas estou sempre adiando meus projetos. E minha principal desculpa é falta de companhia. Parece que não tem graça viajar sozinha. Preciso vencer essa barreira.

Elisabete Lopes

Elisabete Lopes comentou 1 mês atrás

Seria interessante um grupo de pessoas que tenham essa vontade de viajar ou que ja tenha iniciado para trocar experiências. Acredito que assim como eu muita gente vai encorajar e por o pé na estrada e de repente pode até combinar de viajar juntas. O que acham?

Maria Repas

Maria Repas comentou 1 mês atrás

Adorei linda! Faço 60 para o ano e tb estou pensando sair com Moxilao, mas ando um pouco perdida sem saber bem como fazer com viagens pois tb gostaria de o fazer sem gastar mt e as dicas são poucas. Saio de Portugal. Adorava ir ao Brasil, India,Japão. ...beijinho e parabéns pela sua força. Bjo de luz.

Belmira Vieira

Belmira Vieira comentou 1 mês atrás

Tenho 66 anos e já são 06 anos viajando só. Nunca viajei através de agencia de viagens, nem quando casada. Amo conhecer lugares diferentes dos tradicionais visitados por turistas. Pretendo ir em 2017 a Bonito. Eu e minha mochila. Sim, acabo de comprar uma, pois sempre ia com pequenas malas. Agora mochila com rodinhas e adeus peso. Haja mochila, pois disposição eu tenho.

Luzia Oliva

Luzia Oliva comentou 1 mês atrás

Parabéns Iracena, sua história é muito inspiradora, tenho muita vontade de fazer o mesmo, ainda me falta um pouquinho de coragem, mas chego lá. Boa sorte!!!

André Juliano

André Juliano comentou 1 mês atrás

Galera estou muito afim de sair pelo mundo sem rumo. Se alguém quiser me acompanhar entre em contato. Abraço a todos!

Salete Gomes

Salete Gomes comentou 1 mês atrás

Muito inspirador ! Também gosto de viajar só e minha própria programação , mas viagens mais curtas ..... Você me inspirou .... Vou partir para planos mais longos .... Obrigada !!!! Tenho 56 anos e me sinto feliz sendo mais uma em meio em um lugar diferente !!!

Nadia Walendowsky

Nadia Walendowsky comentou 1 mês atrás

Uma curiosidade, eu não me imagino viajando sozinha, vc acha divertido viajar sozinha???

Daniela Silva

Daniela Silva comentou 1 mês atrás

Parabéns! Que sua história possa inspirar muitas pessoas que ainda não tiveram a coragem de se libertar!!! :)

Analúcia Batista

Analúcia Batista comentou 1 mês atrás

Eu também fiquei maravilhada em ver na Europa tantas pessoas de cabelo branco de mochila nas costas se hospedando em Hostels.

Cleia Carvalho

Cleia Carvalho comentou 1 mês atrás

Tamo juntas Iracema, eu faço isso à alguns anos. Sempre gostei de viajar e aventurar por este mundo. Viajando sozinha estou nessa há mais de 18 anos. Conheço o Brasil inteiro. E acabei de completar agora dia 01 de novembro na Polônia 50 países já percorrido em minha vida. Não tem terapia melhor do que viajar, e viajar para mim é a melhor clinica medica do mundo.

Polyy Lima

Polyy Lima comentou 2 semanas atrás

Terminei de ler esse texto com muita inspiração e uma certeza: é só querer ?


Fique por dentro das novidades e melhores dicas:




Instagram


Viajantes também leram:

SUA VIAGEM COMEÇA AQUI

Dubbi é um novo espaço para pessoas incríveis que amam viajar possam interagir, se ajudar e compartilhar suas histórias e dicas de viagem.

Junte-se a nossa incrível comunidade de +35.000 de viajantes experts do Dubbi.