Depois que eu larguei tudo... Os 10 lugares imperdíveis para visitar em Auckland


 Nova Zelândia  

Jornalista Itinerante - Thaís Sabino adicionou foto de Nova Zelândia Foto 1Como muitos intercambistas e viajantes que vão passar um tempo na Nova Zelândia, escolhi Auckland, a maior cidade do país, para me estabelecer. A Nova Zelândia tem 4,4 milhões de habitantes e 1,4 milhão vivem lá. É também o lugar mais cosmopolita do país, onde você esbarra com imigrantes do mundo todo, mais gente de fora do que kiwis. Tem mais oportunidade de emprego, infraestrutura, vida cultural e noturna do que outras cidades neozelandesas, e acho que é uma boa escolha para começar a vida do outro lado do mundo. Passei um ano vivendo na região central de Auckland e separei 10 lugares que não podem ficar de fora em uma passagem por lá.

Takapuna
Takapuna é um bairro na região norte de Auckland, onde dá para curtir um clima mais praiano e descontraído. Fica a cerca de 15 minutos de ônibus partindo do centro, e é sempre uma ótima opção para passar os dias de verão, seja no gramado de frente para o mar ou praticando algum esporte marítimo.

Jornalista Itinerante - Thaís Sabino adicionou foto de Nova Zelândia Foto 2
Long Bay
Outra praia na região norte de Auckland, um pouco mais afastada, é Long Bay, distante cerca de 30 quilômetros do centro de Auckland. O percurso de ônibus leva uma hora e meia, mas vale a pena o esforço. A praia é mais tranquila e não tem tanto aquela "cara de cidade", além disso, é possível aproveitar espaços para churrasco e piquenique no parque com vista para o mar.

Devonport
É um bairro com casinhas do século 19, onde ocorreu o primeiro assentamento europeu. Lá, além da praia, tem um monte famoso pela vista do pôr do sol, o Mount Victoria. É preciso pegar o ferry boat até lá, o percurso leva cerca de 10 minutos, e depois caminhar até o topo. O cair da noite é um espetáculo com vista para toda a cidade, o mar e a Skytower de fundo.

Rangitoto
Você esteve em um vulcão? E em uma ilha formada por uma erupção vulcânica? Eu achei a história de Rangitoto, a ilha vulcânica que pode ser vista de vários pontos de Auckland, fantástica e a visita por lá não é menos interessante. São mais de cinco quilômetros de diâmetro de terra e um pico que chega a 260 metros de altura. A principal atração por lá é fazer a trilha até o topo de Rangitoto, passando por formações vulcânicas e vistas lindas de Auckland. A viagem de ferry boat até lá, saindo de Auckland, dura cerca de 30 minutos.

Waiheke Island
Ainda na série dos passeios acessíveis via ferry boat, está a ilha Waiheke, uma atração tanto no verão, como no inverno. O percurso de barco dura 40 minutos e lá é possível alugar um carro ou motocicleta para conhecer as praias nos arredores, ou contratar um tour que leva turistas de ônibus para as principais atrações. No inverno, são as vinícolas de Waiheke que recebem a maior parte dos visitantes. Passei por Palm Beach, Onetangi By, Kaikuku, Rocky, Anzac e, minha preferida, Oneroa. Essa última é uma praia pequenina e aconchegante, com espaço para churrasco.

Jornalista Itinerante - Thaís Sabino adicionou foto de Nova Zelândia Foto 3Mount Eden
É o vulcão - inativo, é claro - mais alto de Auckland, com 196 metros de altura, e vista panorâmica para toda a cidade com indicações das direções de cada bairro. Auckland é cercada por mais de 50 vulcões e visitar um deles não pode ficar fora da lista de pontos turísticos. Mount Eden fica a, aproximadamente, 20 minutos de ônibus do centro da cidade, sem contar a subida a pé. As crateras do vulcão formadas há milhares de anos são obras incríveis da natureza.

Queen Street
Dificilmente você não vai passar por essa avenida, que é a mais importante de Auckland, onde estão localizadas lojas, restaurantes, cinemas, teatros, parques, bares, e mercados. A Queen Street é o coração de Auckland e corta todo o centro da cidade. Uma loja que recomendo a visita é a Real Groovy, não para comprar nada, não, só para dar uma olhada nos discos, livros, enfeites e acessórios que eles vendem lá, são bem legais.

Cornwall Park e One Tree Hill
O parque e o vulcão, com 182 metros de altura, formam o maior complexo de área verde de Auckland. Dá para passar o dia todo lá: fazer caminhadas, visitar o "planetário", museu, subir até o topo do One Tree Hill, descansar no gramado e até preparar churrasco - o parque conta com opções de churrasqueiras elétrica e à lenha para os visitantes. Partindo do centro, o trajeto de ônibus ou trem leva cerca de 30 minutos.

Jornalista Itinerante - Thaís Sabino adicionou foto de Nova Zelândia Foto 4Ponsonby
O bairro e avenida (de mesmo nome) ficam próximo à região central de Auckland, e têm um ar mais requintado e tranquilo. Se você quer almoçar em um bistrô, provar o café neozelandês ou curtir a noite em um barzinho mais charmoso, a Ponsonby Road é o lugar certo.

K Road
Sem dúvida é onde a cena cultural mais alternativa e retrô acontece em Auckland. A avenida é recheada de brechós, bares, lanchonetes e baladas, mas a atração principal, mesmo, é o movimento de pessoas por ali. Recomendo passar pelo menos uma noite na K Road e curtir a variedade de estilos, atrações, cultura e pessoas que se misturam em um lugar só. A K Road fica a cerca de 10 minutos a pé do coração de Auckland.

Se quiser mais informações sobre a Nova Zelândia, acesse o meu blog: www.jornalistaitinerante.com 

- - - -

Se você curtiu esse texto, ficaria extremamente feliz se pudesse dar um nele aí embaixo ou compartilhar com seus amigos!

COMENTÁRIOS:


Fique por dentro das novidades e melhores dicas:




Instagram


SUA VIAGEM COMEÇA AQUI

Dubbi é um novo espaço para pessoas incríveis que amam viajar possam interagir, se ajudar e compartilhar suas histórias e dicas de viagem.

Junte-se a nossa incrível comunidade de +35.000 de viajantes experts do Dubbi.