Depois que eu larguei tudo... Como tirar o Working Holiday Visa para trabalhar na Nova Zelândia


 Nova Zelândia    1566 visualizações

Jornalista Itinerante - Thaís Sabino adicionou foto de Nova Zelândia Foto 1Você já ouviu falar sobre esse visto? Soube dele por um amigo que viveu na Nova Zelândia e foi somente graças ao Working Holiday Visa que consegui largar tudo para iniciar uma viagem longa pela Oceania. Explico: para fazer uma viagem além dos 30 dias de férias, eu precisaria trabalhar durante a viagem e a maioria dos países só dá permissão de trabalho para quem viaja com intenções de estudo, o que me custaria, pelo menos, cerca de R$ 2 mil por mês de curso. Já o Working Holiday Visa permite a permanência e trabalho (período integral) no país por 12 meses, com a condição de trocar de empregador a cada 90 dias.

Infelizmente, o governo brasileiro só tem essa parceria com a Nova Zelândia - não existe Working Holiday Visa para brasucas em outros países - e são disponibilizadas 300 vagas por ano. E é aí que começa o problema: a concorrência. O pedido do visto é feito on-line, no site da imigração da Nova Zelândia, o que significa que quando abrem as incrições, milhões de pessoas acessam ao mesmo tempo para tentar obter o Working Holiday e as vagas se esgotam em minutos (geralmente, em menos de 10).  Quem preencher as várias páginas do formulário mais rápido, consegue.

As inscrições são abertas na primeira semana de setembro, e se você realmente quiser o visto, é bom acessar no dia e horário marcados. No meu caso, contratei um especialista em vistos para preencher os formulários para mim. Ele não garantiu sucesso, mas como estava mais acostumado ao procedimento, sem dúvida, seria mais ágil do que eu, e realmente foi. Depois que a imigração envia um e-mail de confirmação, é preciso fazer exame médico e raio-x em clínicas credenciadas e enviar os resultados para avaliação. Após cerca de duas semanas, se estiver tudo certo, já dá para começar a trabalhar legalmente no país.

* Se você aplicar o visto fora da Nova Zelândia, tem até um ano para desembarcar na terra dos esportes radicais.

Jornalista Itinerante - Thaís Sabino adicionou foto de Nova Zelândia Foto 2

Não conseguiu? Continue tentando

Imagine 300 vagas para um país com mais de 200 milhões de habitantes... É muito comum o site da imigração travar faltando poucos passos para você concluir o procedimento, uma vez que as vagas se esgotam, o sistema bloqueia o avanço para a página seguinte do formulário. Minha dica é: não desanime, pois ainda há chances de conseguir o visto. Parte desses 300 sortudos desistem de enviar os exames ou não são aprovados no processo de análise de documentos (exames, comprovação financeira, etc).

Passado alguns dias, você pode fazer um plantão no site da imigração e ficar tentando avançar no formulário. Conforme as vagas ressurgem, o sistema libera o acesso à página seguinte. Se o site travou quando você estava já na parte do pagamento, as chances de conseguir uma dessas vagas remanescentes é enorme!

  

Working Holiday Visa

- 300 vagas para brasileiros por ano

- Válido para pessoas até 30 anos

- Solicitação on-line pelo site da Imigração da Nova Zelândia

- Inscrições abrem na 1ª semana de setembro

- Exige exames médicos

- Tem válidade de 12 meses

- A válidade pode ser estendida em caso de trabalho na área rural

- Permite trabalho em tempo integral, com a condição de que o brasileiro troque de emprego a cada três meses

- Só pode ser solicitado uma vez na vida

 Se quiser mais informações sobre a Nova Zelândia, acesse meu blog: Jornalista Itinerante

- - - -

Se você curtiu esse texto, ficaria extremamente feliz se pudesse dar um nele aí embaixo ou compartilhar com seus amigos!

COMENTÁRIOS:

Rebeca Youssef

Rebeca Youssef comentou 8 meses atrás

Thais, como foi o contato com esse especialista? Vale a pena pagar e correr o risco de não conseguir?

Fabiana Presoto

Fabiana Presoto comentou 3 meses atrás

Oi Thais, eu consegui enviar o formulario e pagar, porém meu noivo não conseguiu. Você comentou ai em cima da possibilidade de vaga remanescente...ele parou justamente no status payment pending. Você conhece alguém que conseguiu alguma vaga remanescente?

Jornalista Itinerante - Thaís Sabino

Jornalista Itinerante - Thaís Sabino comentou 3 meses atrás

Oi Fabiana, tudo bem? Conheço, sim, a pessoa que foi comigo conseguiu. Ficamos dia e noite no site tentando e tentando, atualizando... depois de quase duas semanas conseguimos... Não é garantido, mas pode conseguir! Boa sorte :)

Jornalista Itinerante - Thaís Sabino

Jornalista Itinerante - Thaís Sabino comentou 3 meses atrás

Nossa Rebeca, só vi agora seu comentário :( Então, foi uma indicação de um amigo... ah pra mim, como eu queria muito o visto, valeu a pena, sim, pagar para alguém tentar. Mas aí depende né, na época eu paguei bem pouco, mas tem gente que cobra 1 mil dólares, aí já acho que não vale não


Fique por dentro das novidades e melhores dicas:




Instagram


SUA VIAGEM COMEÇA AQUI

Dubbi é um novo espaço para pessoas incríveis que amam viajar possam interagir, se ajudar e compartilhar suas histórias e dicas de viagem.

Junte-se a nossa incrível comunidade de +35.000 de viajantes experts do Dubbi.