Caudalosa América botou o pé na estrada


 América  

Já faz uma semana que o Caudalosa América botou o pé na estrada! O que era pra ser uma rápida passagem por Floripa e Porto Alegre se transformou numa micro viagem pela região Sul do Brasil. Apesar de estar perto de São Paulo, pouco conhecemos e sabíamos das praias e parques que aqui estão. Depois de um pouso rápido em Registro (SP), pegamos a BR116 em direção à Florianópolis e de lá rumamos pra praia da Ferrugem, pra fazer nosso primeiro "free camping”.

Arthur Chacon e Sophia Reis adicionou foto de América Foto 1

Doce ilusão! Um percalço com nosso fogãozinho à gasolina (veja o que rolou no nosso site, tem a história lá) nos levou à praia do Silveira. Acabamos ficando em Garopaba por dois dias. O centrinho é muito gostoso e vale a pena dar uma caminhada na orla e subir no morro onde tem a Gruta de Nossa Senhora de Lourdes pra apreciar uma vista da vila. Foi muito especial ter ido pra lá depois de ler o livro “Barba Ensopada de Sangue”, do Daniel Galera. Ele conta a história de um homem que vai pra lá atrás do avô, uma lenda do vilarejo nos anos 70 que sumiu misteriosamente. Recomendamos a leitura!

Arthur Chacon e Sophia Reis adicionou foto de América Foto 2

Contratempos à parte, subimos a estonteante Serra do Rio do Rastro em direção a Cambará do Sul. Optamos pelos mais de cem quilômetros de estrada de terra. Trocamos o conforto do asfalto pelo caminho lindo cheio de hortências e vistas deslumbrantes, valeu a pena! De quebra, estamos em época de maçã. Por todo lado tem macieiras incríveis e cheias, se oferecendo pra quem passa nas estradas. Às vezes até dá pra alcançar, nem precisa pular a cerca ;) Lá finalmente fizemos nosso “free camping”.

Arthur Chacon e Sophia Reis adicionou foto de América Foto 3

A dica é acampar no morro atrás da secretaria de Turismo. Um lugar super seguro, com uma vista bacana e de graça. Cambará do Sul é ótima para pousar porque está perto de dois parques: Aparados da Serra e Serra Geral. Nesse segundo fomos ao Cânion Fortaleza e Pedra do Segredo, ambos incríveis. Também gratuito, o parque é muito bonito e limpo mas um pouco carente de estrutura. Outra dica valiosa é chegar cedo, porque a cerração cobre os cânions antes do meio dia. 

Essa região é maravilhosa e nos fez pensar o porque de sabermos tão pouco dos pontos turísticos brasileiros, em oposição à informação maciça que temos de locais tão longe. Grand Canyon que nada, legal mesmo são os parques do Sul!

- - - -

Se você curtiu esse texto, ficaria extremamente feliz se pudesse dar um nele aí embaixo ou compartilhar com seus amigos!

COMENTÁRIOS:


Fique por dentro das novidades e melhores dicas:




Instagram


Viajantes também leram:

SUA VIAGEM COMEÇA AQUI

Dubbi é um novo espaço para pessoas incríveis que amam viajar possam interagir, se ajudar e compartilhar suas histórias e dicas de viagem.

Junte-se a nossa incrível comunidade de +35.000 de viajantes experts do Dubbi.